NATUREZA, CRIAÇÃO E ETC.topmenuSOBRE MIMtopmenuFOTOStopmenuVÍDEOStopmenuLINKS RECOMENDADOStopmenuFALE COMIGOtopmenuRÁDIO CBNtopmenuBLOG
BLOG
RSS
MATURIDADE
2014/05/29 21:05:39




No Brasil, as portas já se abrem,

Em outras terras, elas já se abriram,

Pra dar valor às pessoas  maduras;

O que farão e o que já construíram.

 

Fala-se muito na terceira idade,

Nesse resgate de quem tem valor;

De mãos unidas com o que é jovem,

Competição sadia, em amor.

 

São exercícios, são clubes, viagens;

Senhora, com cabeça de menina;

E por que não, diante do exemplo

Da encantadora Cora Coralina?

 

Envelhecer não é morrer, é vida

Que continua, a cada, amanhecer;

Que  leva o idoso até à Faculdade

Ou leva à Escola o que não sabe ler!

 

É planejar, pois há muito a fazer;

E experiências a compartilhar;

Com alegria, o corpo obedece,

Quando a cabeça sabe ordenar!

 

Escreva, leia, conte, cante, dance;

Amasse a massa, plante e colha a rosa;

E não esqueça as leis da natureza:

Fruta madura é muito mais gostosa!


Confie em Deus, pois Ele fez você!

Quer ajudá-lo a saltar muralhas;

Conhece bem seus sonhos, seus projetos;

Vai ensiná-lo a ganhar batalhas!

 

Aposentar-se? Só nos documentos!

Quem para cai, como uma bicicleta;

Mexa-se, ame,  cuide da saúde

E, do seu jeito, seja  um poeta!

 






IDOSO: ACRÓSTICO DE UM AVÔ PARA O NETO
2014/05/29 21:01:12



I  
nclina o  teu ouvido,  tu que és bem jovem, meu neto;     

D  eixa que te fale sobre a minha experiência com o tempo. Ele não para e até parece voar! 

        

O                 uve: Ele passou por mim, correndo. Não o ignorei, nem  me  deixei  levar  por  ele para  os  caminhos  da tristeza. Acabamos ficando amigos e ele ensinou-me  que não deveria  desperdiçá-lo, fazendo coisas ruins.

 

S  omente dei-lhe a mão e caminhamos juntos,  como companheiros, no mesmo passo... sem muita pressa... para aproveitar  bem  nossa caminhada, pois quero brincar  de viver feliz,  e fazer muitas coisas boas!

        

 

O  tempo  disse-me  que ainda teremos uma estrada  longa pela frente e que poderemos aplainar o caminho para os que virão depois de nós, seguindo os passos de Jesus, como tu, meu neto amado!






 

Profissões
2014/05/29 20:28:33






ADVOGADO

O advogado é o representante

Que defende o seu cliente,

Trabalha com o corpo e a mente

E luta pelo seu direito.

Sua meta é a justiça.

Vai, com ele, aos tribunais;

E não se apaga, jamais,

A chama que tem no peito.

 

 

AGRICULTOR


Amante do campo,

Amigo da gente,

Que pega a semente,

E, com amor, a  enterra;

Faz nascer o alimento.

Sua mão calejada,

Segura a enxada;

O tesouro da terra.

 

 

ARTISTA


Artistas, com seus dons maravilhosos,

Brilham nos palcos, nas ruas ou galerias,

Pintam, tocam, cantam, dançam, representam,

Tornando, assim, muito melhores nossos dias!

 

 


ATLETA


Com valor,  superas  todos os limites,

Nadando, correndo, jogando, saltando;

Alegras o povo, teu alvo é a vitória,

E sabes vencer, perdendo ou ganhando!

 

 

BABÁ


Babá, figura querida,

Que, no início de nossa vida,

Nina, canta, faz carinho.

Não substitui mãe e pai,

Mas, da memória, não sai.

Do adulto, antes bebezinho.

 

 

BANCÁRIO


No mundo moderno, você é indispensável.

Cai o sistema e a Internet fica muda.

Vamos ao Banco, com a nossa papelada,

E, sorridente, você sempre nos ajuda.

 

 

BOMBEIRO


Se a aflição chega a algum lugar,

193 é o número lembrado;

Pode ser em terra, no mar ou no ar,

Para ajudar, ele é, por Deus, usado!

 

 

Salva pessoas, bichos e florestas;

Homem do Fogo, corajoso amigo.

Arrisca a vida, com dedicação;

A sua meta é salvar do perigo!

 

 

CARPINTEIRO


Jesus trabalhava, era bom carpinteiro;

É antiga e tão nobre, a tua profissão;

Fazes  coisas, tão úteis, usando a madeira,

Com as ferramentas e o teu coração!

 

 

CONDUTOR


Pilotando um avião

Ou variadas embarcações,

Tem importante missão;

Pelo céu, pela terra ou mar,

Em segurança faz chegar

Quem precisa de condução.

 

 

COZINHEIRO


Criando, sempre, um prato novo e saboroso,

Ama a cozinha e tem prazer em cozinhar;

Ingredientes muito simples, com seu toque,

Fazem comer com o talher e com o olhar!

 

 

DENTISTA


Aquela pessoa de branco,

Sempre com o sorriso franco,

Cuida da saúde da gente.

O valor do seu cuidar,

Só dá para avaliar,

Que já teve uma dor de dente!

 

 

DOMÉSTICO


Levanta-se muito cedo,

Quase mesmo de madrugada,

Sai sem café, apressada,

Pra pegar a condução.

Viaja mais de duas horas,

Vai em pé e é empurrada,

Mas cumpre a sua jornada,

Com muita dedicação.

 

 

Faz o café e o almoço;

E cuida bem da faxina,

Leva à Escola a menina

 

 

E adianta o jantar.

Pega os filhos na Escola,

Ao final de sua jornada,

Chega em casa, bem cansada,

Mas, grata, a Deus, por trabalhar.

 

 

ENFERMEIRO


Anjo de branco,

Que pisa bem leve,

E o alimento serve

Ao que está acamado;

Dispensa cuidado;

Diz: "Seu remedinho..."

E, com tanto carinho,

O paciente é curado!"

 

 

Sua fala macia,

Sua voz convincente

Anima o doente,

A ter esperança.

Instrumento de Deus,

Dentro do Hospital,

Para livrar do mal

O adulto e a criança!

 

 

ENGENHEIRO


Entre plantas e maquetes,

Entre cálculos complicados;

Entre máquinas e motores

Ou no ambiente rural,

Você é indispensável

Ao progresso da sociedade,

No campo ou na cidade,

Seu papel é essencial.

 

 

ESCRITOR


Ao escrever, tu constróis uma estrada,

Que leva ao homem, sonhos, conhecimento;

Com tuas poesias, histórias e informações,

Influencias o campo do pensamento.

 

 

FARMACÊUTICO


Nas farmácias do interior

Ou em grandes laboratórios,

Criando novos remédios

Ou aplicando uma injeção,

Entre o médico e o paciente

Você é a grande ponte,

Que esclarece e orienta,

Com a ciência e o coração!

 

 

FOTÓGRAFO


Tu imortalizas formas várias e pessoas,

E momentos raros de amor e de beleza;

És o artista das recordações,

Que têm o dom de espantar as tristezas.

 

 

GARI


Levanta cedinho e chega ao trabalho,

Pega a vassoura, a pá e o carrinho

E sai pelas ruas limpando a sujeira

Que muitos atiram pelo seu caminho.

 

 

Os passantes nem ligam para o seu esforço

Mas ele prossegue e cumpre a missão,

Recolhendo o lixo com todo o cuidado,

Com a pá, com a vassoura e com o coração.

Parabéns, pela luta diária e heróica,

Ganhando tão pouco, saúde nos traz,

Só o valorizamos quando está ausente;

Quando ele não vem... Quanta falta nos faz!

 

INFORMÁTICO

 

Profissão moderna e impressionante,

Que nos abre a porta para um mundo novo;

Que interessa a todas as idades,

No campo ou cidades, apaixona o povo.

 

Acusam a Internet de espalhar erros,

Mas errado é o que mal  uso faz;

Comunicação  promove  o  progresso,

Diverte, educa, ensina e satisfaz.

 

Criando programas, ensinando, ajudam.

Com rapidez, se chega a qualquer parte,

Pelos caminhos do mundo encantado,

Que é virtual,  sensacional! É arte!

 

 

JARDINEIRO


Jardineiro, amigo,

Acarinha a terra,

Que a vida encerra;

Ama o sol e o calor;

Que poda, que muda,

E a semente ajuda

A nascer, a crescer,

E virar fruta ou flor.

 

 

LÍDER ESPIRITUAL


É a pessoa abençoada,

Que, por Deus, se sentiu chamada

Para pastorear um rebanho;

Buscando, em Deus, direção,

Com amor, dá orientação;

Ajudar é seu grande ganho!

 

 

MÉDICOS


Deus os faz instrumentos de cura do corpo

Que o Pai, Criador, faz com zelo e amor;

Ele quer que estejamos alegres, felizes,

Saudáveis, vivendo sem pranto, sem dor.

 

 

Os bons médicos são, neste mundo de dores,

Que, às vezes, parece um grande hospital,

Provedores de vida, de paz, de saúde;

Para o adulto e a criança, esperança real.

 

 

 

 

Sem dormir, quantas vezes, velando um paciente,

Empenham-se em vê-lo curado do mal,

Travando com a morte batalha cerrada,

Com a ajuda de Deus, eles vencem, afinal!

 

 

Que Jesus, que é Senhor da saúde, da vida,

Possa ser seu modelo, protetor e guia;

Que Ele seja seu Médico, Amigo e Mestre

E lhes dê muita paz, força e sabedoria!

 

 

MUSICISTA


Seus dedos passeiam por teclas e cordas,

Botões e baquetas que produzem som,

Ou lábios que sopram palhetas sensíveis,

Melodias gerando, sem sair do tom.

 

 

Melodia, harmonia e rítmo: Vida!

Música é alegria e vem do coração;

Curando, animando, espalha suas notas,

Que bailam no espaço, criando a canção!

 

 

OPERÁRIO


Empurrando o carrinho, batendo o martelo,

Subindo em andaimes, te expões ao perigo,

Tua vida é difícil e ganhas tão  pouco...

Mas constróis o futuro, operário  amigo.

 

 

PALHAÇO


Sua cara pintada, nariz de bolota,

Chapéu enfeitado,  roupas engraçadas;

Ajudam crianças e adultos tristonhos

A esquecer dos problemas, dando gargalhadas.

 

 

 

 

Suas cambalhotas, sua voz diferente,

Alegram a gente... Amamos seu jeito!

Mesmo que esteja triste, nos leva a sorrir,

Escondendo sua mágoa no fundo do peito!

 

 

PESCADOR


Pescador corajoso, que vai mar a  dentro,

Com a rede e a coragem, pra nos alimentar;

O vento ele enfrenta, o medo, a tormenta,

Em busca do peixe... Sua vida é o mar!

 

 

JESUS CRISTO, um dia, multiplicou peixes,

Pois, pela multidão, ele sentia amor;

Com seu “Ide!”, ele manda “pescar” as pessoas,

Para apresentá-lo como O SALVADOR!

 

 

PILOTO


Qual águia que voa com asas de aço,

Subindo às alturas, seu rumo buscando;

Tu levas pessoas e cargas preciosas,

Na estrada  de nuvens, tu segues voando...

 

 

PROFESSOR


Seu mister é  nobre, belo e envolvente,

E as palavras, pobres para o descrever;

Pois ser professor é formar, informar

E mostrar  ao aluno a estrela do saber!

 

 

Ser professor é mais do que ensinar,

É ser amigo, irmão e conselheiro,

Que faz do ensino uma forma de amar,

Sendo tão pequena a paga em dinheiro!

 

 

Ó Jesus Cristo, tu que és a Luz,

O Mestre dos Mestres, Fonte do Amor,

Toma em teus braços, em forma de cruz,

A todo  aquele que é bom professor!

 

 

PSICÓLOGO


Você escuta a alma dolorida,

Que busca alívio, luz, relaxamento,

E a ensina a arrancar o espinho

Que está causando dor e sofrimento!

 

 

SECRETÁRIO


Atento, discreto, sempre sorridente,

Disposto a atender, aprender, informar;

O bom secretário bem sabe que o chefe

Dele muito depende: Não deve falhar!

 

 

SOLDADO


Soldado que luta,  soldado valente,

Soldado que avança, com a arma na mão;

Na paz ou na guerra, seu alvo é a vitória,

Sem medo, sem fuga, defende a nação.

 

 

Soldado Valente, que gosta da paz,

E que luta por ela, com todo o amor;

Da luta não cansa, empunha a bandeira

E morre, por ela, se preciso for!

 

 

VETERINÁRIO


Deus criou os animais,

Em grande variedade,

Na floresta ou na cidade,

Todos têm o seu valor.

Têm a sua utilidade.

Seja grande ou pequeno,

Produza mel ou veneno,

Você os trata com amor!

 

 

TODOS...


Todo bom profissional

Merece, sempre, elogios,

Pelas lutas e desafios,

Para ser bom trabalhador.

Só dá para alguns mencionar:

Mulheres e homens leais,

Todos eles especiais,

Merecem respeito e amor!


 

 

 

 


OBSERVAÇÃO:

Os profissionais foram apresentados por ordem alfabética e não pela importância, que todos têm.




 

 

 

Em qualquer idade, tome vacina, por favor! Gripe Mata Sim !
2014/05/29 20:10:22
http://globotv.globo.com/tv-centro-america/mttv-2a-edicao-cuiaba/v/vigilancia-confirma-que-vereador-de-mt-morreu-vitima-de-h1n1/3361918/



Basta clicar no link acima !






AS APARÊNCIAS ENGANAM...
2014/05/29 20:01:06

         

 

O PAI CRIOU ESTRANHOS ANIMAIS,
E TODOS TÊM A SUA UTILIDADE;
E NÃO IMPORTA SE NÓS NÃO SABEMOS
PARA QUE SERVEM ELES, DE VERDADE.

 

DIZEM ALGUNS: “EU NUNCA ENTENDEREI
PARA QUE SERVEM RATOS E  MOSQUITOS,
SÓ GOSTO MESMO DOS QUE SÃO LIMPINHOS,
INTELIGENTES, MANSOS E BONITOS!”

 

O PAI É SÁBIO E ELES SÃO NECESSÁRIOS;
E CABE A NÓS PROTEGER, RESPEITAR,
O QUE FOI CRIADO GARANTE SAÚDE
OU FAZ PARTE DA CADEIA ALIMENTAR.

 

OS URUBUS, GARIS DA NATUREZA,
E AS MINHOCAS, AREJANDO O CHÃO,
COM SEU TRABALHO, PROTEGEM A TERRA
ADUBAM, LIVRAM DA POLUIÇÃO.

 

ASSIM OCORRE TAMBÉM COM AS PESSOAS,
DISCRIMINADAS PELO PRECONCEITO.
AS APARÊNCIAS PODEM ENGANAR,
TODOS MERECEM COMPREENSÃO, RESPEITO

 

NÃO CABE A NÓS JULGAR O QUE DEUS FAZ,
SÓ RESTA CRER QUE ELE NUNCA ERRA.
FEZ CADA COISA PARA O NOSSO BEM,
NO MAGNÍFICO PLANETA TERRA!

 




 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

“BURROCRACIA”
2014/05/29 19:54:24

 

 




ESSA PALAVRA NÃO EXISTE,

MAS, DEPENDENDO DA OCASIÃO,

ELA SE ENCAIXA, PERFEITAMENTE,

NESTA CONSIDERAÇÃO.

 

NOSSO PAÍS JÁ EVOLUIU

E TEMOS TANTOS COMPUTADORES...

MAS, A TERRÍVEL  PAPELADA

AINDA NOS CAUSA DISSABORES.

 

SÃO “DORES” EMOCIONAIS:

PERDER TEMPO TRAZ SOFRIMENTO;

TAMBÉM, DORES NA COLUNA:

FICAR NA FILA É UM TORMENTO!

 

PEDEM TANTOS COMPROVANTES:

XEROCÓPIAS E ORIGINAIS;

QUE OS DONOS DAS COPIADORAS

ENRIQUECEM CADA VEZ MAIS.

 

PARA OS VISTOS E PASSAPORTES

A COISA É MAIS COMPLICADA!

EM BUSCA DE SEGURANÇA.

MUITOS GASTOS E PAPELADA!

 

BEM PRÓXIMAS DA VERDADE,

HUMORISTAS CRIAM CENAS:

FOTOS, CARIMBOS,  CRACHÁS ,

PRA RESOLVER COISAS PEQUENAS!

 

QUALQUER  DIA, PERGUNTARÃO

O NOME DO AVÔ DO VIZINHO

E, SE JUNTAMOS AOS COMPROVANTES,

A VACINA DO CACHORRINHO!

 

FALA-SE TANTO EM DIGITAIS,

IRIS DO OLHOS, TESTES DE FALA,

MAS NA HORA DE COMPROVAR:

PAPÉIS ENCHENDO UMA MALA.

 

MEDO DE DESCARTAR PAPÉIS:

OS TERRÍVEIS COMPROVANTES!

CONTINUAM  ENTULHANDO  GAVETAS

COMO SE FAZIA ANTES!

 

É CERTO TER SEGURANÇA,

MAS O EXAGERO, A CADA DIA,

DEPÕE CONTRA A INTELIGÊNCIA,

É MESMO  “BURROCRACIA”!

 








VIVA A BANANA!
2014/05/29 19:41:15

                




 


QUANDO DEUS CRIOU O MUNDO,

FEZ AS COISAS COM AMOR

E AS FRUTAS SÃO UM EXEMPLO:

BELEZA, PERFUME E SABOR.

 

MAS QUERO EXALTAR A BANANA.

COM SUA GRANDE VARIEDADE,

POIS, DEPOIS DE TANTO TEMPO,

ELA VIROU NOVIDADE!

 

A USARAM PARA OFENSA,

GROSSERIAS, PRECONCEITOS,

PORQUE NÃO SABEM RECONHECER

QUE SÃO IGUAIS NOSSOS DIREITOS.

 

FORAM CULTIVADAS NA ÁSIA

E PORTUGAL AS ESPALHOU

PELA ÁFRICA E O BRASIL

E POR AQUI, MUITO BEM FICOU.

 

JÁ DIZIA A CANÇÃO ANTIGA

QUE ELA É BOA PRA VALER,

EXPLICANDO: “TEM VITAMINA...”

“BANANA ENGORDA E FAZ CRESCER.”

 

É UM ALIMENTO COMPLETO,

UM EXEMPLO DE FARTURA;

MULTIPLICADA, NOS CACHOS,

VEM “EMBALADA”, CHEIROSA E PURA.

 

SEJA D´ÁGUA, NANICA, DA TERRA,

FIGO, PRATA, MAÇÃ OU OURO.

TODAS BOAS, BARATAS, GOSTOSAS;

VIVA A BANANA! ELA É UM TESOURO!

P.S: ESTE TEXTO FOI INSPIRADO PELO QUE ACONTECEU COM O JOGADOR DE FUTEBOL DANIEL ALVES E OUTROS ESPORTISTAS QUE SOFRERAM PRECONCEITO.

 









Saiba mais sobre o risco dos alimentos Transgênicos.
2014/05/29 19:29:01
http://www.youtube.com/watch?v=B0qFTM5qMOg



Basta clicar no link acima.






Cuidado com os agrotóxicos!
2014/05/29 19:15:50
http://g1.globo.com/economia/agronegocios/noticia/2014/05/produtores-de-pimentao-se-esforcam-para-reduzir-os-agrotoxicos-em-sp.html


Basta clicar no link acima. 



SEMENTES DA PAIXÃO
2014/05/29 19:06:45
http://globotv.globo.com/rede-globo/globo-rural/v/agricultores-da-pb-usam-sementes-crioulas-de-variedades-tradicionais-que-resistem-a-seca/3351906/

Não deixe de ver !

Basta clicar no link acima.




SAUDADES...
2014/05/22 20:36:21

Saudades


Saudade, palavra  gostosa que, às vezes, varia de gosto:

Azedo, de azedas memórias; Amargo, de amargas histórias;

Salgado: do antigo mar, limpinho, beijando o rosto;

Doce: das cocadinhas que as mães sabiam fazer;

De goiaba em dia de chuva, colhida no meu quintal;

Saudade que o mundo sente, sentimento universal;

Palavra que é lusa e nossa,  Patrimônio Nacional!

Saudade forte, que jorra   águas de dor e prazer ...

Saudade, sinto saudades  de saudade mais não ter ...

 

O que será, de verdade, que quer dizer  "matar saudade" ?

Será que é a felicidade de só lembranças  boas ter?

Ou será pisar,  na cabeça , dessa víbora travessa

Que  insiste em maltratar,  perseguir , perseguir, morder?

Se esse bicho  é, assim, malvado, deve ser eliminado!

Se  o bicho é manso e alegre, desprovido de veneno,

Deixe andar pelo  terreno  macio do coração 

Sobre  essa saudade  gostosa, vale à pena se dizer:

Saudade, sinto  saudades de saudade mais não ter...

 

Saudades da velha musa, que abandonou-me com essa glosa,

Que nem sei se é poesia ou prosa e é de um sábio português;

Nem é minha, que faço com ela? Atiro-a pela janela?

Na verdade, nem sei mesmo  se gosto  de ter saudade

Porque acho que esperança vai melhor com o meu jeito;

Só gosto quando ela é boa porque não me machuca o peito

Mas a glosa é tão bonita, que vale à pena dizer:

Saudade, sinto  saudades de saudade mais não ter...

 

Ter saudade é remexer bem no fundo do porão,

Que temos, à sete chaves, no  castelo do coração;

Algumas  passeiam livres, com chinelo de cetim...

Podem ser compartilhadas. Ficam nas janelas  dos olhos;

Outras ficam  escondidas , amarradas  com corrente;

Mas escapam porque são muito mais fortes do que a gente;

Se o porão for do glosador, por certo, vão lhe falar:

"Estamos livres, não mais te queixes  e não voltes a dizer:

Saudades, sinto saudades de saudade  mais não ter..."

 

Será  que esse bom poeta  ou , talvez , bom prosador,

Lamentava a correria desse mundo voador,

Que não lhe deixava tempo pra recordar o passado?

Será que veio - o lamento - de um coração apressado,

Que sente  falta do alimento que, para alguns , é saudade ?

Para mim, só com  gosto  de vida ou, então, de  felicidade,

Se for assim, saudade boa, gostosa, com doce sabor,

Daquele, de cocadinha, que só mãe sabia fazer,

Saudades, sinto  saudades de saudade mais não ter...

SEMENTES DE AMOR
2014/05/22 20:33:15

Diz o ditado: Quem semeia vento.

A tempestade, um dia, há de colher;

E, até de livros, disse o bom poeta,

Semeadura  podemos  fazer.

 

Semear frutos, doces, coloridos;

Semear flores, lindas, perfumadas;

Semear pães, que vieram das sementes

Do trigo amigo, de espigas douradas.

 

Semear árvores, que dão flor e abrigo;

Frutos colher e oferecer ao amigo,

Ser mão de Deus para reproduzir,

 

Além de plantas: paz, fé, sentimentos;

Semear amor, em todos os momentos,

E toda a Terra, assim, de amor cobrir!






O COFRE DO CORAÇÃO
2014/05/22 20:24:49


O coração é bem mais que um órgão,

Que bate e bate, sim, sem parar;

Que o nosso sangue bombeia;

E que quase morre, de tanto amar!

 

É um relógio grande e descompassado,

Que marca, sempre, os tempos da vida,

E que, quando perde o seu grande amor,

Chora, triste, e sangra como ferida!

 

O coração também é uma casa,

Em que tudo se adianta ou atrasa,

E que esconde um COFRE DE OURO;

 

Que guarda amores e esperanças,

Segredos, amigos e lembranças

E DEUS, o seu maior tesouro!






GRANDES CHUVAS DE AMOR
2014/05/22 20:18:21

 

Quando falo em chuva, é de água que falo;

Água cristalina que, ao do céu cair,

Refresca, dá vida, lava e purifica;

Dessedenta a terra e faz a flor se abrir.

 

Quando falo em Deus, falo de perfeição;

Seu nome é Amor - e de amor é feito -

É Água da Vida, que inunda o Universo

E faz crescer o amor plantado no meu peito.

 

Se a chuva é bênção tão essencial;

Se o amor é Deus, que anula todo mal;

Se o mal  na Terra  a faz gemer de dor;

 

Derrama, ó Pai, sobre a humanidade,

Gotas de paz, esperança e bondade,

Que formem Grandes Chuvas de Amor!

 

                                         

          “Destilai, ó céus, dessas alturas e as nuvens chovam justiça;  abra-se a terra e produza a salvação,  e juntamente com ela brote a justiça; eu, o Senhor, as criei.”

(Isaías 45:8).

 

          “...farei descer a chuva a seu tempo, serão chuvas de bênção.” 

(Ezequiel 34:26).

BOLA DE BORRACHA
2014/05/22 20:10:09





Os  brasileiros são apaixonados  por esportes  e  as bolas esportivas, em geral, são, de couro.

Quero falar,  porém,  das bolas de borracha, pois esse material lhes dá uma característica especial: se arremessadas e  rebatidas, elas voltam,  com mais facilidade, para  quem  jogou  e... O jogo continua. É claro,  que isso só acontece se quem recebeu a bola, a manda de volta. 

                No jogo da vida, é a mesma coisa!

Há pessoas que dizem  que nunca  recebem  carinho nem conquistam amigos.  Na verdade,  o  que ocorre é que elas recebem mas,  não devolvem  a  bola, não alimentam o jogo e...a bola cai... E o jogo pára!

 A Bíblia ensina que devemos amar até mesmo os nossos inimigos e fazer o bem,  sempre, exercendo misericórdia, assim como o Pai é  misericordioso para conosco e,  como prêmio, Deus irá conceder-nos um grande galardão e seremos “filhos do altíssimo”! (Lucas 6:27 a 38).

Embora, a princípio, a vingança pareça ter um sabor especial, logo tornar-se-á um "veneno" que nos fará muito mal, física, espiritual e psicologicamente.

Fica mais fácil e gratificante para os dois “jogadores”,  retribuir,  com  a  orientação  de  Deus,  o  amor,  a amizade, o carinho,  o beijo,  o abraço,  o aperto de mão,  a gentileza, o sorriso, o olhar terno, a flor, a carta, o telefonema, a palavra boa, a visita, o perdão,  e  a paciência recebidos.  É importante lembrar  que somos,  apenas,  canais  de Deus, para amar as pessoas, porque ele  é  a fonte do amor, que passa através de nós e derrama-se sobre o próximo. Não conseguimos  amar,  de verdade,  sozinhos,  devido às nossas imperfeições.  Somos instrumentos do Senhor,  para amar e fazer o bem!

Na carta que  o  apóstolo  Paulo escreveu  a Tito, encontramos  um  belo  texto  sobre  relacionamento: “não difamem  a  ninguém,  nem  sejam  altercadores,  mas cordatos,  dando  prova  de  toda  cortesia  para com todos  os homens.” (Tito 3:2).                                             

Deus fez a terra  e  os  astros  em  forma de bola.  Ele nos envia o seu amor o tempo todo. Temos retribuido?

Não  devemos  queixar-nos  de  desamor!  Retribuamos e teremos uma boa surpresa. Sempre que possível, devemos começar o jogo, tomar a iniciativa!

Não nos esqueçamos da sabedoria popular: plantinhas  que  não  forem  regadas,  acabarão  morrendo  e  o jardim ficará  vazio e sem cor!

Começar o jogo,  se preciso,  e não deixar a bola cair é a melhor maneira de encher a vida de amores e amigos e dar um chute na solidão! “É campeãooooooooo!”

O Amor...
2014/05/22 20:01:23

A Bíblia, nosso Livro muito amado,

Fonte completa de sabedoria,

Nos mostra como agradar a Deus,                                       

Ter salvação e viver bem cada dia.                                          

 

Mas também conta histórias que edificam

Ou nos ensinam o caminho certo,

Cujos cenários são grandes cidades,

Lugarejos pobres ou o grande deserto.

 

Casais da Bíblia: Áquila e Priscila,

Ana e Elcana, Sara e Abraão,

Ruth e Boaz, Maria e o bom José,

Que, aos pés de Deus, amaram, com emoção.

 

O Livro de Cantares fala do romance

Entre Sulamita e o esposo amado,

Trocando elogios e palavras doces,

Que só diz quem está, de fato, enamorado.

 

ELA: É a querida doce e formosa,

Lírio, macieira, de beijos como vinho,

Com, lábios de mel e face de romã,

Tem cheiro de maçã. A trata com carinho!

 

ELE: É para ela o seu grande amado,

Forte, mas, amável, seu sustentador;

Sua pele rosada, seus cabelos negros,

É Pastor de ovelhas, belo e doce amor!

 

O verdadeiro amor é bom e paciente,

Não arde em ciúmes, tudo crê e espera;

Jamais acaba e sua imensa beleza

É a de um jardim em plena Primavera!

 

Esse sentimento, nem as muitas águas,

Podem apagar tal chama e seu calor;

E nem os rios podem afogá-lo

Porque nada vence o verdadeiro amor!

 

Quem ama é fiel, perdoa e é constante.

Prefere a verdade, não espera perfeição,

Reconhece que, também, pode ter seus defeitos

E, em Deus, encontra, com fé, a solução!

 

Quem ama, respeita. Sempre junto caminha,

Não tem preconceitos, não invade espaços,

Com amizade, calma e bom companheirismo,

Elimina as brigas com grandes abraços.

 

Jesus morreu por sua noiva: A Igreja.

Esse Amor Maior abriga em Seu peito.

Celebrará suas Bodas lá no céu:

Será o Casamento Eterno e Perfeito!

Referências Bíblicas:

* Livro de Cantares.

* I Cor. cap. 13.

* Apocalipse 19:7.



ÀS MINHAS AMIGAS...
2014/05/22 19:54:24



Estas rimas são para vocês,

Minhas meninas, minhas queridas,

Minhas amigas, que são do peito;

Um bem querer sem medidas.

 

Algumas são bem magrinhas,

Outras um pouco fofinhas,

Todas lindas e elegantes,

Sejam altas ou mais baixinhas.

 

Com pele, linda, de chocolate,

Bem morenas ou clarinhas;

Cabelos pretos, louros, pintados,

Ou cabeças bem branquinhas...

 

Algumas brincam e dão risadas;

Outras mais quietinhas são.

Cada uma tem lá seu jeito,

De expressar sua emoção.

 

Vocês, queridas, são um tesouro;

Meu buquê, com laço de fitas;

Violetas, rosas e dálias;

Por dentro e por fora, bonitas!

 

Minhas amigas, minhas irmãs,

Mais que irmãs: companheiras,

Que caminham junto comigo,

Nas tristezas ou brincadeiras.

 

Como é bom sempre ter vocês:

Presente de Deus para mim,

Fez-nos amigas para sempre,

Amizade que não tem fim!

ESTRELAS
2014/05/22 19:51:30



Nunca escrevi sobre estrelas,

Mas quero, agora, com amor,

Falar da sua importância

E do seu brilho encantador.

 

São enfeites luminosos,

No céu, formando um bordado,

Desenhado pelo rei-sol,

Pela lua, apaixonado!

 

Surgem quando se vai o sol,

Como princesinhas da lua,

Grande imperatriz da noite,

Que sabe que a noite é sua.

 

Mas nos ensina a ciência

Que a luz da lua é emprestada;

É recebida da estrela-sol...

Não ilumina, é iluminada!

 

Estrelas guiam navegantes,

E uma estrela especial

Guiou os magos até Belém,

E, assim, começou o Natal.

 

Estrela é luz, claridade,

Brilho, enfeite da Natureza,

É criação de Deus, o Pai,

Autor de toda a beleza!

 

Mas existe a Estrela Maior,

O Sol da Justiça Ele é,

É Jesus, a Luz do Mundo,

A razão maior da fé.

 

Estando em Sua presença,

Envolve-me a Sua luz,

Que ilumina o meu caminho,

Que vai ao céu e vem da cruz!

 

É a Estrela da Manhã,

Que eu quero sempre comigo,

Conselheiro, Salvador.

Maravilhoso e Melhor Amigo!

 

Que essa Estrela feita de amor,

Que nos livra dos perigos,

Ilumine seus caminhos,

Para sempre, meus amigos!

Melhor Amigo
2014/05/22 19:41:47






A LUZ DA AMIZADE
2014/05/22 19:32:00

CRIANÇAS...
2014/05/22 19:18:45





Cabra-cega, sorvete,

Chicletes, carrinho,

Pipoca, batata,

Boneca e trenzinho.

 

Bicicletas e quedas,

Ciúmes, briguinhas,

Correrias, band-aid,

Muitas feridinhas...

 

Festinhas alegres,

Palhaços, cocadas,

Brigadeiros,beijinhos,

Mas, nunca, palmadas.

 

Dor-de-ouvido, bronquite,

Alergia, coceira,

Medo das injeções,

Após comer besteira.

 

Aos adultos ensinam

Preciosas lições,

Pois não guardam raiva

Nos seus corações.

 

Seus beijinhos melados,

Sua doce imprudência,

E a mistura estranha

De esperteza e inocência.

 

Grande  sinceridade

Própria da criança;

Alegria, risadas,

Seus pulos, sua dança,

 

Simpatia que encanta,

Energia, vigor,

Fazem crescer em nós,

A ternura e o amor;

 

Jesus ama as crianças!

Tesouros seus são,

Que ele guarda no fundo

Do seu coração!






A COPA DO MUNDO VEM AI!
2014/05/22 18:53:40





  No mundo civilizado, os olhos ficam voltados para tudo que cerca as Olímpiadas e a Copa do Mundo.

   Realmente, quanto às Olimpíadas, é emocionante vermos o desempenho de alguns atletas, com esforço individual, como no caso da Ginástica Artística. Além da habilidade e técnica, em muitas modalidades de esportes, é preciso muita força  física, mesmo.


    É importante ressaltar, porém, que, se a mente não comandar os músculos, adeus, medalhas! No futebol, também é impressionante ver o quanto saber trabalhar em equipe pode levar à vitória do grupo. Não podemos deixar que somente um carregue toda a responsabilidade sozinho.
   
    No campo espiritual, o prêmio é individual. O apóstolo Paulo diz: “Todo atleta em tudo se domina: aqueles para alcançar uma coroa corruptível; nós, porém, a incorruptível. Assim corro também eu, não sem meta...” (I Cor.9:25, 26). E ainda: “o atleta não é coroado, se não lutar segundo as normas.” (II Timóteo 2:5).   Você quer essas Medalhas de Ouro (antiga coroa de louros dos campeões) para o Brasil, em 2016? Você quer a Taça para o Brasil, em 2014? Eu também!

    Mas...individualmente, poderá ter uma premiação melhor que todas!  A sua será espetacular: terá valor eterno, foi comprada na cruz, por Jesus, com a sua própria vida, e não poderá estragar-se ou ser roubada, como aconteceu em 1983, no Rio de Janeiro e consta que foi derretida. Mas, para apossar-se do maior tesouro, que dinheiro nem boas obras podem comprar, você tem que acreditar e querer receber, gratuitamente, o prêmio, de valor eterno. Quer saber o segredo? Deixe Jesus comandar sua vida e aprenda com Sansão: “Os filisteus lhe saíram ao encontro, jubilando: porém o Espírito do Senhor de tal maneira se apossou dele, e as cordas que tinha nos braços se tornaram como fios de linho queimados no fogo e as suas amarraduras se desfizeram das suas mãos.” (Juízes 15:14). Do Espírito Santo vem a direção e a força! Ele lhe dará vitórias espirituais e materiais, de acordo com a vontade sábia e amorosa de Deus. Deixe o Espírito treiná-lo e... Medalha de Ouro para você, campeão, em nome de Jesus! Amém.

Z.M.

Bibliografia: Bíblia Sagrada(SBB)





HISTÓRIA DE BICHINHOS PARA A CRIANÇADA.
2014/05/19 18:22:06



RECADO AOS ADULTOS:

                  Este página destina-se às crianças, mas, também aos adultos sensíveis, como você, que se interessam por elas e pelo encantador mundo de fantasias em que elas vivem. Muitas vezes precisamos mergulhar nesse mundinho colorido, para resgatar o nosso lado infantil, para entender melhor as coisas, brincar, amar e perdoar mais, como as crianças, encarando a vida com mais simplicidade e alegria. Isso nos ajuda a viver melhor e a vencer os “gigantes” de cada  dia, como Davi venceu Golias.

            Através destas historinhas, pretendemos ajudar a aperfeiçoar o caráter dos pequeninos, ensinando-os a trilhar caminhos retos  e a corrigir erros, no presente e no futuro.

                 Buscamos  a direção do Pai, para divulgar princípios cristãos, ligados à paz, à união, à honestidade  à obediência e ao amor ao próximo e a Deus.

                  Amar as crianças e interessar-se por bem educá-las, em um mundo de idéias tão controvertidas e de tantas falhas sociais, tem que ser uma preocupação constante. Através das singelas historinhas pretendemos passar exemplos de comportamentos, a serem imitados ou não.

                  Participe da vida de sua criança! Leia com ela! Ore com ela! Preserve o seu lado-criança! Isso resultará em  mais descontração, mais alegria, mais paz e  mais saúde!

                 A pureza das crianças deve ser imitada por nós. “Quem não receber o reino de Deus como uma criança, de maneira alguma entrará nele.” (Lucas 18:17).  Somente os puros entram no céu. Jesus ensinou que, das crianças é o reino de Deus (Lucas 18:16).

                 Quando crescemos, perdemos a pureza.  Só o Criador, através de Jesus, pode purificar-nos plenamente e preparar-nos para o céu.

                 Caro leitor adulto, este é o nosso recado para você. O sábio Salomão, vai ajudá-lo a educar sua criança. Comente os textos com ela. Mas, acima de tudo, entregue-a a Deus!

                                  Seja feliz, com as suas crianças!



PROVÉRBIOS DE SALOMÃO:

 

“... a criança entregue a si mesma  vem a envergonhar a sua mãe.” (29:15)

 

“Corrige o teu filho e te dará descanso, dará delícias a tua  alma.”(29:17)

 

“Até a criança se dá a conhecer pelas suas ações, se o que faz é puro e reto.” (20:11)

 

“Ouve o conselho e recebe a instrução, para que sejas sábio nos teus dias por vir.” (19:20)

 

“Ensina a criança no caminho em que deve andar, e ainda quando for velho não se desviará dele.” (22:6)

 

“Não retires da criança a disciplina...” (23:13)

 

“Ouve a teu pai, que te gerou, e não desprezes a tua mãe, quando vier a envelhecer.”(23:22)


RECADO ÀS CRIANÇAS

Ôi, que bom que você está interessado(a) Neste Blog.
Vários bichinhos das histórias nos ensinam coisas boas e, também, que fazer coisas erradas, sempre acaba mal. Jesus ama você! Obedeça a Deus, aos seus pais e aos professores, e respeite as leis e a todas as pessoas, e será feliz!

Esperamos que se divirta com as aventuras da bicharada.

         Um beijinho da tia, Zeita.


A MINHOCA TEIMOSA

 

A minhoca Catita parecia uma fita:

Esticada, enrolada, a pular pelo chão;

Sua mãe avisava: “Cuidado, filhinha,

Porque a D.Galinha é um bicho-papão!”

Mas, a tal minhoquinha,

Conselhos não ouvia

E passava o seu dia

A pular no quintal.

A galinha gulosa

Pegou a teimosa,

Engoliu e mandou

Pro seu papo, afinal!

 

Mas, de tanto pular,

Conseguiu escapar

E voltar para casa:

Um buraco grandão;

Entendeu que a mamãe,

A minhoca Candoca,

E que estava certinha e...

Pediu-lhe perdão!

 

                  “Filhos, obedecei a vossos pais no    Senhor, pois isto é justo.”

                         (Efésios 6:1)



O PEIXINHO DOENTE

 

Um dia, o marreco Tom Tom

Saiu, pra nadar na lagoa;

Nadava pra lá e pra cá...

Que beleza... Que vida boa!

De repente, ele enxergou

Um peixinho triste, a boiar;

Estava tão doentinho

Que nem podia nadar.

O marrequinho, depressa,

Foi empurrando o peixinho,        

Pra fazer uma consulta

Com o Dr. Cavalo-Marinho.

Receitou-lhe umas folhinhas,

Que o marreco foi buscar;

Tomou o chazinho e curou-se

E, logo, voltou a nadar!

O marreco fez bonito,

Ao ajudar o peixinho;

Provou que é bom e educado

E ganhou um novo amiguinho!

 

     “O homem bondoso faz bem a si mesmo...” (Provérbios 11:17)



A PORQUINHA TETECA

 

A porquinha Teteca

Pegou o abacate,

Correu e caiu;

Escorregou no tomate!

 

Levantou-se e correu

Pra pegar a vassoura,

Escorregou e caiu

Ao pisar na cenoura!

 

 

Foi, correndo, brincar

E a mesa derrubou;

Jogou tudo no chão

E a louça se acabou.

 

Levou bronca da mãe

E aprendeu a lição:

Quem faz tudo correndo,

Só faz confusão!



QUEM PERDEU? QUEM QUEBROU?

 

O gato quebrou o prato,

O rato perdeu o rabinho,

A serpente perdeu o dente,

O pintinho quebrou o ovinho,

O jacaré quebrou o pé,

A rolinha perdeu a peninha,

O leão perdeu o avião

E o cachorro quebrou a casinha!

Guarde tudo direitinho,

Cada coisa no seu lugar;

Cuidado pra não perder!

Cuidado pra não quebrar!



BA-LA-LÃO-DÉM-DÉM...

 

Ba-la-lão... Ba-la-lão...

Bate o sino grandão!

“Por que bate o sino?”

Pergunta o menino.

Responde a titia:

“É Natal, chegou o dia!

De-lém-dém-dém...

Outros batem também;

De-lém-dém-dém...

Nasceu em Belém!

Dim-dim-dim-dim...

Alegria pra mim!

Grande festa do Amor:

Nasceu o Salvador!

O que cantam os sinos?

Ouçam, ouçam, meninos:

Ba-la-lão...Ba-la-lão...

Jesus é Salvação!

De-lém-dém-dém..

Nasceu pro nosso bem!

Dim-dim-dim-dim...

Ele é o início e o fim!

Ba-la-lão...dém...dim...

Ele é tudo pra mim;

É o Rei, é a Paz, é a Luz,

Meu Amigo Jesus!

“É  que hoje vos nasceu na cidade de Davi, o Salvador, que é Cristo, o Senhor.” (Lucas 1:11)


PETECO E 0 BONECO

 

O menino Peteco

Chutou um boneco;

A menina Leleca

Ganhou uma boneca.

O boneco chorou;

A boneca acudiu,

E a amizade bonita

Entre eles surgiu.

A menina Leleca

Então disse ao malvado:

“Peça perdão e seja

Um menino educado.

Veja só o exemplo

Desta bonequinha,

Que ajudou o boneco,

Como uma amiguinha!”

O menino Peteco,

Muito envergonhado,

Falou com o boneco

E foi perdoado.

Foram brincar, juntinhos,

Peteco e Leleca;

O menino, a menina,

O boneco e a boneca!

 

“Aparta-te do mal, o pratica o que é bom, procura a paz e empenha-te por alcançá-la.” (Salmo 34:14)




STÁ-PÁ-PUM!

 

Pedrinho é levado,

Só vive caindo;

E levanta chorando,

Ou levanta sorrindo.

 

Quando a mamãe escuta:

STÁ-PÁ-PUM! Barulhão!

Já conclui: Foi Pedrinho

Que caiu no chão!

 

Acha que sabe tudo;

É desobediente;

E ainda pensa que é

Esperto e inteligente.

 

STÁ-PÁ-PUM! Toda hora

É braço quebrado...

STA-PÁ-PUM! É o Pedrinho,

De novo, engessado!

 

Chegaram as férias

Que tanto queria

Para brincar com os primos;

Que grande alegria!

 

Lá se foi, lá chegou,

Bem feliz, à Bahia,

Mas caiu: STÁ-PÁ-PUM!

No seu primeiro dia.

 

Passou todas as férias

Bem triste e parado;

Com os braços no gesso

E o pé enfaixado.

 

Aprendeu que é criança

E que deve brincar,

Mas, ouvindo a mamãe,

Sem nunca exagerar!


PIUÍ...TCHEN...TCHEN...

    TCHEN...

 

Piuí...Tchen...Tchen...Tchen...

Piuí...Vai o trem,

Chora: Buá...Buá...

No carrinho, o neném.

No caminho, ele pára;

Lá vem D. Galinha,

Catando bichinhos,

Na beira da linha.

Mamãe beija o neném,

Lhe faz muitos carinhos;

A galinha, com amor,

Chama, logo, os pintinhos;

Piuí...Tchen...Tchen...Tchen...

Continua o trem;

No carrinho, Gu-Gu

Dá-Dá...faz o neném;

Já não chora o neném;

Rindo, mostra os dentinhos;

Vendo D Galinha,

A brincar com os pintinhos.

Piuí...Tchen...

Tchen...Tchen...

Ri, alegre, o neném;

 

Terminou a viagem,

Gostosa, de trem;

Ao bom Papai do Céu,

A mamãe agradece;

E, com o neném a sorrir,

Do trenzinho ela desce.



O PEIXE PRATINHA

 

O peixe Pratinha é mansinho,

Guloso e bem grandalhão;

E dizem até que nasceu

Lá pras bandas do Japão.

 

Brilha, brilha, no aquário,

Com a cabeça colorida:

Seu bonezinho vermelho;

Sua dança, cheia de vida!

 

Nada, pra lá e pra cá,

O peixinho japonês...

Não importa de onde veio,

O que importa: Deus o fez.

 

Um dia desses, aprontou

O guloso peixe Pratinha,

Quando, lá no fundo do aquário,

Abocanhou uma pedrinha!

 

O cascalho ficou na goela;

Não ia pra trás, nem pra frente;

Na sua boca redonda

De peixe que não tem dente.

 

A sua dona, preocupada,

Conseguiu pegá-lo com a mão,

E, com grande dificuldade,

Tirou a pedra do seu “bocão”!

 

Pratinha voltou ao aquário;

E fica, aqui, a lição:

Ser guloso não é bom!

Cuidado com o seu “bocão”!


BEBECO E LUISINHA

 

Havia uma casa no morro,

Com muitos bichos no quintal;

E, toda semana, chegava

Um novo tipo de animal.

 

A menina Luisinha

Brincava com cada bichinho:

Patos, galinhas, coelhos;

Tinha por todos, carinho.

 

Também gostava dos gatos,

Dos macacos e dos marrecos;

Para ela, seus bichinhos

Eram amigos e bonecos.

 

Por causa da bicharada,

Sua mãe lhe passava pitos:

“Menina, que trabalheira,

Veja as bolinhas dos cabritos!”

 

Um dia, um cabritinho,

Que tinha o pelo malhado,

Foi atravessar a rua

E acabou atropelado!

 

Alguém o trouxe pra casa

E Luisinha chorou à beça,

Mas cuidou bem do cabritinho

E Bebeco sarou depressa.

 

Ficou curado o bichinho

Mas só andava mancando,

E Luisinha ficava triste

Ao vê-lo, assim, caminhando.

 

Mas, mesmo assim, ele pulava

O portão e até a janela;

E, se Luisinha corria,

Ele corria atrás dela!

 

Parecia um cachorrinho,

Mas Bebeco foi crescendo

E virou um cabrito grande,

Que seu pai acabou vendendo!

 

Luisinha chorou muito

E contou-me essa história;

Ele foi, mas ficou, pra sempre,

No fundo da sua memória.

 

Se você perdeu um bichinho

Que fez parte da sua história,

Sempre haverá para ele

Uma casinha na sua memória!

 

“E fez Deus os animais...”(Gên. 1: 25)


A ABELHINHA

 

Um dia, a abelhinha,

Sujinha de mel,

Pegou a malinha

E pegou o chapéu

E falou pra coruja:

“Vou morar no céu!”

Disse, então, a coruja:

“Como pensa chegar

Naquele tão lindo

E perfeito lugar?”

Respondeu a abelhinha:

“Qualquer caminho é certo,

Mas vou procurar para mim

Um caminho que fique mais perto.

Disse-lhe, então, a coruja:

“Para o eterno céu de luz,

Só existe um caminho,

E o seu nome é Jesus!”

 

“Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida ; ninguém vem ao Pai senão por mim.” (João 14:6)

FOI DEUS!

 

- Quem foi, mamãe,

Que te deu o neném?

-Foi Deus, filhinha,

Foi Deus, meu bem.

 

- Quem foi, mamãe,

Que morreu na cruz?

- Foi Deus, filhinha,

O Homem-Deus, Jesus.

 

-Quem foi, mamãe,

Que fez cada estrelinha?

-Foi Deus, meu bem,

Foi Deus, filhinha.

 

-Quem foi, mamãe,

Que fez tudo, tudinho,

-Foi Deus, filhinha,

Com amor e carinho!


O ANIVERSÁRIO DO LELÊ

 

O Elefante Lelê  era triste

Porque  vivia sempre sozinho...

Tinham medo do seu tamanho

E nunca lhe davam carinho.

 

O pobre do grandalhão

Tinha um coração bondoso,

Mas tinha as patas tão grandes...

Não sabia ser carinhoso.

 

No dia  do seu aniversário,

Que ele não comemorava,

Sozinho, foi pra lagoa,

Onde suas mágoas chorava

 

Lá estava o urubu Pretinho,

Que bebia água sozinho

E, que pelo trabalho que faz,

Também não recebe carinho.

 

Falaram do aniversário

E das vidas que levavam

Porque eram rejeitados

E as pessoas não os amavam.

 

O papagaio Leleco,

Que a conversa pôde escutar,

Ficou com pena dos dois,

Mas ficou quieto no seu lugar.

 

Então chegou para beber água,

Léo, o filho do Rei Leão,

Mas escorregou do barranco,

Desmaiou e foi pro fundão!

 

O elefante  pulou no rio

E salvou o principezinho,

Que sempre passara por ele

Com o nariz empinadinho.

 

Acordou tonto e foi para casa,

Sem saber o que acontecera,

Mas o papagaio contou ao Rei

Como foi que quase morrera!

 

O Rei Leão, emocionado,

Uma festa mandou preparar

Para o grande e bondoso elefante,

Que ninguém sabia amar.

 

O elefante ficou surpreso,

Quando o convite recebeu,

Mas falou que só iria

Com o urubu, o amigo seu.

 

Ao chegar, veio a surpresa:

Estava linda a tal festança,

Com fogos, flores, bebidas,

Comida, música e dança!

 

A coruja, de salto alto;

A cobra, de xale e chapéu;

O macaco, de cartola preta ;

E a tartaruga, usando véu.

 

A ursa, de gola de pele;

O tigre, usando bengala,

E a aranha, de saia de renda,

Porque a noite era de gala!

 

A galinha foi de sombrinha,

E o pingüim, de casaca apertada;

O papagaio, de terno verde,

E a zebra, de calça listada.

 

D. Foca, lá no cantinho,

Como sempre, fazia fofoca,

Enquanto o pintinho amarelo,

Brincava e comia pipoca.

 

Porque o Rei era camarada

E pensou também nos baixinhos;

Por isso, havia pipoca, sorvete

E muitos docinhos.

 

A Banda  do Canarinho

Tinha o galo como cantor;

O gato tocava piano

E o cachorro tocava tambor.

 

O coelho tocava a  guitarra

E o cavalo, a bateria;

Enquanto a D. girafa,

Salgados e doces servia.

 

O Rei, tomando a palavra,

À bicharada explicou

Que o elefante era bom amigo,

E o seu leãozinho salvou.

 

Não tinha boa aparência -

Era feio e grandalhão -

Mas era muito educado

E tinha bom coração.

 

A aparência não importa ,

Para fazermos julgamentos;

O elefante e o urubu

Tinham muito bons sentimentos!

 

Daquele dia em diante ,

Ouvindo o bom Rei Leão,

Todos ficaram amigos

Vivendo em paz e união!

 

 

“...O homem vê o exterior, porém o Senhor, o coração.”(I Samuel 16:7)


BRIGA NO TERREIRO

 

O pato Pataco e a pata Dorinha

Batiam com o bico na D. Galinha;

O porco Porcão entrou na confusão

E chamou D. Marreco pra dar peteleco!

Mas o bom marrequito é que fez o bonito,

Gritando bem alto, chamando o patrão:

“Venha cá, bem depressa!

Venha cá, seu João!”

Mas João não entendia linguagem de bicho

E continuou na calçada, varrendo o lixo.

Então, o Lourinho, que fala como gente,

Vendo a situação, voou, bem de repente  ,

E avisou ao patrão que o pato brigão,

Com a ajuda do porco, que é porcalhão,

E da pata Dorinha, que é esquentadinha,

Estavam dando uma surra na D Galinha.

Com a crista sangrando, sofria a galinha,

Que cocoricava, de dor, coitadinha...

Ligeiro, ligeiro, chegou o patrão

E acabou, bem depressa, com a confusão!

Vendeu os dois patos pra sua vizinha;

Cuidou, com carinho, da D. Galinha;

Lavou bem o porcão, com água e sabão,

E o mandou bem pra dentro do seu panelão!

Deu ração bem gostosa pro louro e o marreco,

Que fizeram bonito, sem dar peteleco.

O terreiro aprendeu, com esta história animal,

Que brigar é bem feio e sempre acaba mal!


A FLORESTA DA SABEDORIA

 

A família do coelhinho foi morar  na Floresta da Sabedoria. O coelho Branquito achou  o lugar muito lindo e saiu para passear .

            Longe de sua casa, encontrou uma pracinha e ficou muito surpreso, ao ver três tartarugas, bem velhinhas, de óculos e xale nas costas, sentadas no banco da praça, com muitos filhotinhos, de várias espécies, em volta delas , ouvindo-as, com muito interesse e respeito.

            O coelhinho perguntou a uma bela borboleta azul, que estava chegando, com seus três filhotinhos,o que era aquela reunião. Ela explicou que as três vovós tartarugas eram os bichos mais velhos  da floresta e sabiam dar muitos conselhos bons aos filhotinhos, que são as crianças dos animais.

            Decepcionado, o coelhinho , que era muito bobo e mal-educado, começou a debochar e a dizer que bichos velhos são caducos  e não tem nada para ensinar. A borboleta disse que não era assim. O coelhinho aproximou-se do grupo  e começou a pular , a rir e a caçoar das tartarugas.

            Então as três,  bem calmas, sorrindo para ele, lhe disseram que tinham, sim, uma coisa muito importante para ensinar-lhe.

            Muito malcriado, disse-lhes  que bichos velhos não sabiam nada e saiu pulando e caçoando, sem ouvir as vovós. Lá se foi...  pulando...pulando...

             Entrou pela floresta a dentro e, logo depois, prendeu a perna  em uma armadilha  de caçadores. Começou a chorar e a gritar, mas ninguém o ouviu.

            Dois dias depois, seus pais o encontraram, com a perna inchada, com muito medo e muita fome. Acontece que não souberam abrir a armadilha. Chamaram as tartarugas, que tudo sabiam, porque eram experientes e elas o soltaram.

            Ele foi para a toca dos seus pais, com muita vergonha por ter sido tão bobo e achar que sabia tudo porque era jovem e moderno.

            No dia seguinte, as três tartarugas foram levar-lhe uma cesta cheia de cenouras fresquinhas.

            A primeira lição é que os bons e inteligentes sabem perdoar.

             Envergonhado, o coelhinho pediu-lhes perdão e disse que queria saber qual foi o assunto  daquela aula que ele não quis ouvir. Para a sua surpresa, elas lhe disseram que o assunto foi, exatamente, como reconhecer  as armadilhas da floresta e escapar delas. Por serem idosas, elas tinham mais experiência e conheciam todos os perigos da floresta.

              Branquito aprendeu a lição e nunca mais deixoui de ouvir os conselhos dos mais velhos!


O JACARÉ ZÉ-MANÉ

 

O jacaré Zé-Mané

Cresceu à beira da lagoa,

Achando a sua vida boa,

Nunca quis ir para a Escola.

Fugiu da casa dos pais,

Não recebeu educação ,

Só aprendeu a dizer: “Não!”.

Se achava o dono da bola...

Nunca pedia LICENÇA,

Passava como um furacão,

Também não dizia :”OBRIGADO!”,

E, “POR FAVOR!”, também não.

Acabou ficando sozinho,

Pois ninguém agüentava o seu jeito;

Para ser feliz é preciso

Tratar a todos com respeito!

O TATU

 

Ta-te-ti-to-tu...

Onde está o tatu?

Onde o tatu está?

 

La-le-li-lo-lu...

Onde está a Lalá?

Onde a Lalá está?

 

Ba-be-bi-bo-bu...

Ode está a Babá?

Onde a Babá está?

 

O tatu de Lalá está na lata;

 

O bebê chorou...

A Lalá chamou;

Á babá chegou

E o tatu soltou!


NATAL

 

Chegou o Natal!

Corre o garotinho

E toca o sininho,

No alto da Igreja.

Nasceu Jesus Cristo,

Nasceu, afinal,

Chegou o Natal;

Glória!

Bendito seja!


A BANDA DA BICHARADA

 

Quando a Banda da Bicharada

Sai à rua, é uma alegria;

O maestro é o papagaio,

Que ensaia todo dia;

 

O elefante toca a tuba,

Que faz: Pom-Pom-Pom-Pom-Pom;

O macaco toca a flauta

E a minhoca o acordeon;

 

O coelho sai na frente,

Com a viola, muito ligeiro;

E o jaboti, bem devagar,

Vai, atrás, tocando pandeiro.

 

A serpente toca o guiso

E o mosquito, o violino;

A onça toca a corneta

E o leão, o bombardino.

 

O rinoceronte, que é forte,

Carrega e toca o tambor,

E o galo, batendo as asas,

É dessa Banda, o cantor.

 

Tocam bonito pra Deus,

Pois é o seu Criador,

Que fica muito contente,

Pois lhe agrada muito o louvor!

 

Aprenda você, também,

A tocar um instrumento

E organize uma Bandinha,

Que toque com sentimento!

 

 

“Louvai ao Senhor, porque é bom e amável cantar louvores ao nosso Deus;...”(Salmo 147:1)



O GULOSO

 

Porquildo, o porco porqueira,

Só vivia comendo besteira

E verduras não queria;

A sua mãe avisava;

Mas Porquildo nem ligava.

Comia, comia e comia!

 

Água não, só refrigerante

Ele tomava a todo o instante;

Na Escola gastava o dinheiro;

Batata frita é que era bom;

Sorvete, salgadinhos, bom-bom;

Chupava bala o dia inteiro!

 

Achava a sua vida boa,

Mas foi ficando cansado atoa;

Engordou, teve dor-de-dente;

Teve que tomar injeção;

Mas aprendeu a lição:

Quem come errado, fica doente!


O SAPINHO

 

Pula, pula, sapinho verde;

Pula, pula, no meu jardim;

Pula, pula, sapinho verde;

E canta, canta, só  para mim!

 

Pega, pega, o mosquitinho

Que aqui veio pra me morder;

Você é meu amiguinho,

E, assim, vai me defender.

 

Eu não acho você feio,

Você é muito importante,

Pois o Deus que fez você,

Também fez o elefante!

 

O elefante na floresta

E você no meu jardim,

Pra pegar os mosquitinhos

E cantar só para mim!



A FOCA MAROCA

 

A foca Maroca, fazendo fofoca

E comendo pipoca, na beira do mar;

Falou que o camarão é um grande ladrão

E que a D. Cegonha é muito sem-vergonha.

Falou que a baleia já andou na cadeia

E, até, que a tainha brigou com a sardinha;

Inventou que a orca é uma baleia porca

E que o mestre golfinho está devendo ao vizinho;

E falou muitas mentiras, lá pras bandas do cais;

Essa Maroca, foca que fala demais;

Até que, um dia, houve festa no mar;

Porque o Dr. Tubarão resolveu se casar!

Quinze dias alegres, a festa durou,

Mas, ninguém, para a festa, a foca convidou.

Entendeu que fofoca afasta os amigos,

Faz mal, envenena, provoca perigos.

Ficou só, lá na praia, a foca Maroca,

Chorando e dizendo: “Nunca mais fofoca!”

Acabou a história! Acabou a pipoca!

 

 

 

“Pois quem quer amar a vida e ver dias felizes, refreie a sua língua do mal...”(I Pedro 3:10)


A POMBINHA

 

Chove, chuvinha, chove, chuvinha,

Isso aqui virou mar;

 

Pára, chuvinha, pára, chuvinha,

Deus mandou parar!

 

Voa, pombinha, voa, pombinha,

Vá lá, ver como é!

 

E volta, pombinha, volta, pombinha,

Para a Arca de Noé!

 

 

“...mas a pomba, não achando onde pousar o pé, tornou a ele (Noé) para a arca;...” (Gên. 8:9)



O BALÃO

 

Que lindo! Que lindo!

O balão vai subindo,

Todo colorido...

Com fogo, um fogão!

 

Que feio! Que feio!

Com o vento que veio,

Caiu o balão,

Com seu grande fogão,

 

Queimou a mata! Que feio!

Com o vento que veio,

Queimou a floresta,

Balão, você  não presta!

 

“E disse (Deus): Produza a terra relva, árvores que dêem semente e árvores frutíferas que dêem fruto segundo a sua espécie...”(Gênesis 1: 11)


D. PREGUIÇA

 

D. Preguiça foi lá pra Suíça,

Mas, logo, a formiga a veio expulsar.

Disse: “Aqui se trabalha,

Você só atrapalha!

Pra quem só come e dorme,

Aqui não há lugar!”

 

“Em todo trabalho há proveito...” (Prov.14:23)

 


 O GATO LADRÃO

 

Um tal gato Gatureba,

Que era um grande ladrão,

Chamou o gato Gatilho

Pra roubar peixe no fogão;

 

Mas Gatilho respondeu:

“Com você eu não vou, não,

Porque a mamãe em ensinou

Que é errado ser ladrão!

 

Eu respeito a minha mãe,

Que é uma gata muito esperta;

Vale à pena obedecer

Porque ela sempre está certa!”

 

Gatureba foi lá sozinho,

Mas levou um escorregão

E queimou a pata peluda

Lá na chapa do fogão!

  8º Mandamento: “Não furtarás.”(Êxodo 20:15)

 

O PATO PATETA

 

Um pato pateta,

Malvado e zureta.

Caçoou do cabrito,

Que era perneta,

E da D. Galinha,

Que era ceguinha,

E da gata malhada,

Que era aleijada;

Mas caiu num barranco,

Cavado por gente,

Machucou-se e tornou-se

Um deficiente.

Muito arrependido,

Aprendeu a lição

E, aos outros doentes,

Ele pediu perdão!

 

PELUDINHO

 

Peludinho era um coelho,

Que não aceitava conselho,

Pois se achava sabichão.

Os dentes não escovava

E as mãos nunca lavava,

Antes de cada refeição.

 

A lição, nunca estudava;

À Escola, sempre faltava;

E a saúde e o ano perdeu!

Quem passou, ganhou uma bola,

E um lindo passeio, da Escola;

E Peludinho se arrependeu!


 

BELINHA,A MENTIROSA

 

Belinha, uma menina bonita,

Que usava um laço de fita,

Era muito inteligente;

Mas tinha um grave defeito,

Em que ninguém dava jeito:

Mentia pra toda a gente!

 

Para os seus pais ela mentia,

Para o avô, para a avó, para a tia;

E mentia muito na Escola,

Pois não estudava de verdade ;

Apelava pra falsidade,

E, nas provas, usava cola.

 

Um dia, quando acordou,

Uma doença ela inventou;

Pois à Escola quis faltar;

Mas a Profª fez surpresa,

E pra estudar a Natureza,

Levou a turma pra passear!

 

“Não minta mais,” , disse a vovó,

“Quem mente, sempre acaba só;

Pois ninguém crê no que diz!”

Belinha , muito arrependida,

Nunca mais mentiu na vida,

E cresceu alegre e feliz!

 

 

“Por isso, deixando a mentira, fale cada um a verdade com o seu próximo,...(Efésios 4:25)

 



 

SOCORRO, MAMÃE!


Ouvi esta historinha,  gostei e quero contar para você .

Zeca tinha oito anos  e era um  grande mentiroso ! Vivia inventando histórias.  Fazia uma cara séria e jurava que era verdade.

Mentia tanto que  ninguém acreditava mais nele. Sua mãe,  que era viúva  e trabalhava muito, sempre o repreendia e dizia que aquilo era muito feio e que Deus condenava a mentira.

Não adiantava, ele mentia cada vez  mais , mesmo que ficasse de castigo.
Eles moravam em um sítio e a sua mentira predileta era gritar, de longe: “Socorro,  mamãe, uma cobra me mordeu e eu não posso andar !”

Nas primeiras vezes, sua mãe corria,  aflita, mas  via que tudo era  mentira e  saia,  decepcionada  com seu filho.

Alguns dias se passaram e lá veio a mesma  história  da cobra. Acostumada com suas mentiras, não ligou.

Um bom tempo se passou e, como  ele não  aparecia ,  sua mãe foi procurá-lo . Desta vez era verdade!  Ele estava desmaiado, e a cobra  venenosa que o mordera,  ainda  estava ali perto.

Aflita, ela  o levou para o hospital e , depois de sofrer bastante, Zeca  foi salvo,  mas perdeu  dois dedos do pé.  Suas mentiras causaram  a demora no atendimento  e, por pouco, não morreu !

Voltou para casa  e nunca mais mentiu . Aprendeu que é errado e que ninguém confia em crianças ou adultos que  vivem mentindo .



 

 
 

O CONCURSO



O Natal estava chegando. A nova síndica resolveu fazer um concurso para as crianças do prédio. 

Bastaria ir ao Salão de Festas e construir um brinquedinho de sucata, bem simples, com qualquer material.

A criançada ficou animada! Chegou o dia!

Os quatro irmãos de Arthur pulavam de contentes, enquanto ele, preguiçoso, como sempre, dizia: “Seus bobos, eu vou é dormir”!

Uma hora depois, a criançada do prédio voltava e gritava feliz, pelos corredores.

Curioso, Artur levantou-se e , quando ia chegar à porta , seus irmãos entraram, com muita alegria, contando a novidade: todas as crianças que foram ao Salão, fizeram os brinquedinhos e ganharam uma caixa de bombons e um passeio a um parque de diversões, com sorvete e tudo de graça.

Artur, então, gritou: Eu também quero. Vou lá fazer o brinquedo!

Não adianta, disseram seus irmãos, o concurso já acabou!

Chorando, arrependido, ele aprendeu que o preguiçoso acaba perdendo...

A Bíblia ensina que devemos ser como as formiguinhas, que estão sempre prontas a trabalhar!



 








O BICHINHO ESQUISITO


 
A mãe de Carlinhos resolveu mexer nos vasos de plantas, e o chamou para ajudá-la.

De repente, ao entornar um dos vasos, Carlinhos levou um susto!

-           Mãe, que bicho esquisito é esse que está pulando?  Ele morde? É uma cobrinha?

-         Calma, Carlinhos, isso é que dá morar em apartamento!  É só uma minhoca, meu filho. Um bichinho inocente!

-
         Mas, mamãe, ela é nojenta e feia. Vamos pisar nesse bicho esquisito!

-         Meu querido, as minhocas são muito úteis.  Cavam buracos na terra e, assim, facilitando a entrada do ar e da água, as plantas ficam muito mais bonitas. Ah, e ainda produzem adubo, que é uma espécie de vitamina para os vegetais. Viu como elas são importantes? O caso do urubu é parecido com esse. Ele ajuda a limpar o nosso planeta e a evitar doenças. Deus fez esses animais porque nos ama. 

Admirado, pegou o bichinho com a pazinha e a pôs no vaso, dizendo: “D Minhoca, me desculpe, tá? A Srª é muito legal!”.

Então a mamãe abraçou o menino e lhe explicou que, às vezes, desprezamos uma pessoa por causa da sua aparência. Explicou , também que uma pessoa que faz um trabalho que ninguém vê , pode estar fazendo uma coisa muito importante, como a minhoca.





 

 


A MULHER QUE NÃO GOSTAVA DE CHUVA



D. Aurora morava no Rio de Janeiro. 

Todas as manhãs, ia à praia, para tomar banho de sol. Depois do almoço, ia trabalhar.

Havia, porém uma coisa que a deixava muito zangada. Era a chuva.  

Quando chovia, falava mal Deus e o mundo, dizendo que chuva só servia para atrapalhar a sua ida à praia.

Um dia, veio à surpresa: Seu patrão a chamou e disse que ela havia sido transferida para uma cidade do interior do Ceará!

Para não perder o emprego, mudou-se, embora muito zangada.

Era verão e ela até estava gostando do sol quente daquele lugar e do fato de que lá não chovia há muito tempo.

Acontece, porém, que os dias foram se passando e. nada de chuva  . Tudo foi ficando difícil para aquele povo: o gado morria, as frutas e as verduras acabaram e, até a água para beber terminou.

Vendo tanta dor, percebeu o quanto estava errada e pediu perdão a Deus por sua tolice e por não valorizar a chuva.

Criança querida, não fique brava porque a chuva atrapalha as suas brincadeiras ou passeios À chuva é uma bênção de Deus. Aprenda a gostar e a agradecer por ela! Tudo que Deus faz tem valor e beleza!

Ah!  Sabe de uma     coisa?   Depois que D. Aurora começou a orar, acabou chovendo naquele lugar e ela saiu pulando de alegria, sem sombrinha, tomando banho... De chuva!  Oba!

 






 

 

 

BRINCADEIRA PERIGOSA!

 

Pepe tinha dez anos e era um garoto muito inteligente, esperto e... Desobediente. Seu brinquedo predileto eram os fósforos, as bombinhas e os balões, que soltava às escondidas dos pais, que os avisavam dos perigos do fogo.

Duda, de nove anos, era seu melhor amigo, vizinho e cúmplice nas traquinadas. Os pais de ambos eram sócios e, como eles, amigos.

Estavam no mês de fevereiro e Pepe combinou, com Duda, fazer um grande balão vermelho, mesmo fora de época.

Sabendo que os pais não deixariam, o fizeram escondido.

Quando ficou pronto, após todos dormirem, pularam as janelas das casas vizinhas e foram para um terreno próximo. Com a ajuda de uma vara comprida, ergueram o balão e o soltaram. Parecia uma tocha de fogo no ar e eles acharam que era uma beleza!

Radiantes, o acompanharam com os olhos até o perderem de vista e voltaram para casa muito felizes com a aventura. Dormiram logo.

Meia hora depois, acordaram assustados com os gritos nervosos de seus pais, nas duas casas. Eles eram sócios de um Posto de Gasolina, a poucos quilômetros dali, e receberam um telefonema, avisando-os de que um grande balão vermelho havia caído e incendiado o Posto de Gasolina. Um funcionário chegou a queimar-se, tentando apagar o fogo.

Os meninos, arrependidos e chorando muito, não sabiam o que fazer.

Uma semana depois, não aguentando mais o remorso, contaram a verdade aos seus pais sobre o grande balão.

Embora tristes, os pais os perdoaram e os elogiaram por confessarem o seu erro. Pediram um castigo e foram proibidos de tomar sorvete por três meses.

Com sacrifício, o Posto foi reconstruído e os meninos aprenderam a lição, deixando de ser desobedientes e de brincar com fogos e balões. Entenderam que são brinquedos perigosos, que podem causar prejuízos, incêndios, queimaduras acidentes graves e até a morte de pessoas, árvores e animais.

Quem obedece, honra a seus pais agrada a Deus e é mais feliz!

 

 

 

 

MULHER, DO ZERO AO INFINITO...
2014/05/16 21:25:39
Afinal, pelo título... quero falar de Matemática?
Não, por favor,  sou péssima nessa ciência admirável.
Prefiro falar de vida, de gente... 
Ora, a Matemática me persegue porque...
Vou falar de contagem de tempo... Para as mulheres!
Como o assunto é muito assustador, iremos devagar.
Que tal, de 10 em 10? Vamos voltar no tempo... 
Afinal, somos modernos!
 
MARCO ZERO!
 
Chegamos ao dia do nascimento.
Mas não seria de 10 em 10?
Então, me  ajudem: no estilo NASA!
Contagem regressiva: Todos juntos: 
10 - 9 - 8 - 7 - 6 - 5 - 4 - 3 - 2 - 1 - zero!
Então,  diretamente da base  cor-de-rosa do útero  materno, 
parte  o  foguetinho chorão, com aquela carinha tradicional de joelho , que  todo bebê tem, quando nasce, e que os pais e avós acham linda, e que até fica mesmo linda alguns dias depois.
 
        Nasceu mais uma mulher!  Aumentou a concorrência!  Até  aqui  a  história  é  parecida  para  todas  e,  daqui  por  diante,  você  se  encaixa  onde  achar  melhor,  ok?  E, não esqueça, gente  sempre tem semelhanças; Só muda a idade, o endereço, o número do CPF e algumas coisitas mais: caráter,  educação...Ih!!!   Não  quero  falar  dessas   coisas freudianas  e  complicadas.  É  muito  papo-cabeça.  Quem quiser,   que  se  identifique  ou  "abafe",  principalmente  a idade, menina.
        Vamos lá, de zero a 10, de 10 em 10.

ZERO A DEZ!
 
               Xixi, buá-buá, gracinhas, pirracinhas, chantagens, band-aids,  escolinha. Enfim: confirmação da melhor  defi- definição de criança: “chocolate com pimenta”!  Mas,  elas são uns amores!
 
DEZ A VINTE!
 
               Colégio, vídeo-game, brincadeira, bicicleta, com- putador, amizades que se firmam, baladas, roupas da moda jeans, fica ou não fica; fuma ou não fuma; chocolate ou al- face; espinhas; come ou não come; modelo, atriz ou mane-quim;  namoros  e,  de repente:  até  casamento precoce. E,
além das crises da "aborrescência", em que qualquer coisi-nha  parece o fim-do-mundo; conflitos com os pais;  ciúme dos  irmãos:  preferências  musicais discutíveis  e...  a festa dos quinze anos,  que deixa a família endividada. Vai cres-
cendo... Talvez até já  trabalhe ... Busca da profissão, vesti-bular  (me  perdoem  a  má  lembrança).  Título de eleitor e escolha de candidatos  (me perdoem a pior lembrança  ain-   da...) Ah, eu quase esqueci dos aparelhos dentários e do si- licone... Mas é uma fase linda!  Você agora, é  uma mulher. Que beleza!
 
VINTE A TRINTA:
 
               É  a  chamada "flor da idade",  passando do botão de rosa para o lírio. Adoçante, barrinhas, diet, light, acade-mia, depilação, escova  progressiva. Casa ou não casa?  As tias cobram. Será que já resolveu sobre a profissão?  Medi-cina,  Direito,  Engenharia,  Economia, Esporte,  Arte,  etc. Talvez  o sonho  de ser cantora ou  modelo ainda não tenha morrido. Estuda,  trabalha,  namora,  chora,  tem  crises  de ciúme, pinta, borda, dança, casa e balança a criança. 

TRINTA A QUARENTA:
Engordou! 
Que  tragédia!  Enche a geladeira de rúcula e alface. Outra tragédia se avizinha:  O primeiro fio de cabelo branco!  Os anos se passam e a barriguinha começa a querer aparecer...
E não é gravidez. O auto-terrorismo recomeça: celulite, va- rizes, primeira  ruga, lipo? silicone?  É preciso fazer ginás-tica, a dieta da moda, caminhada, pilates, esteira,  bicicleta, alongamento... 
E, se não der certo, que horror: comprar roupas com núme-ros  maiores.  Isso sem  falar nas crianças,  na escola deles,  no  maridão.  Situações  mais definidas.  Escolhas  bem ou mal  feitas... Talvez  uma "separaçãosinha" ... Tomara  que não aconteça! 
Filhos mais crescidos.  Aí você  vai ver como  deu trabalho aos seus pais...
Aquela história da barriguinha,  dos números  maiores, dos exercícios, dietas, etc., fica mais séria.
E chega a fase em  que se volta a brincar de esconder, prin- cipalmente  os  primeiros  fios de  cabelos brancos.  Afinal, os "TONS" resolvem:  MAX, WELLA ou  KOLESTON. E ainda  é  preciso  aturar  as mudanças do marido, que deixa tudo fora do lugar e já não é tão romântico... Você tem que segurar  esse  mesmo,  embora,  às  vezes,  ele  se preocupe mais  com o  futebol do que  com você.  Ele diz que está se protegendo das crises de TPM da mulher. Será?
Cuida dos filhos,  da casa,  do cachorro, do marido, batalha com  a  secretária do lar,  faz cursos de  mestrado,  pós gra-duação e até de culinária.
E ainda  tem que estar  sempre magra,  cheirosa,  penteada, arrumada, etc., porque senão fica para trás,  a concorrência é grande e o mercado  masculino anda um pouco fraco.
Ah,que calor! Ainda não é a menopausa. É que o ar engui-çou  duas vezes  na  mesma  semana  e  ela  ainda  tem que chamar  o  técnico  de  novo, sem  falar  nos  problemas da geladeira, da TV e do vazamento do banheiro...
Pelo menos, ainda não chegou aos quarenta. Que bom, tem valido à pena e tem acontecido muita coisa boa nesses qua-se quarenta anos.

Ainda sou gatinha, espelho meu!
 
 QUARENTA A CINQUENTA:

               Chegou! Finalmente, é bom assumir... Nasceu  de novo! Dizem que a vida começa aos quarenta...

Quem foi o mentiroso que inventou isso, hem? Deixa pra lá!

Algumas têm até  a bravura de promover um  jan-tar  comemorativo.   Outras  preferem  esconder  ou  rasgar todos os calendários da casa. E ainda existem os almoços e jantares dos Dias das Mães, dos Pais, Aniversários e Natal, em  que  todos,  elogiando  a  sua  comida, vão passar o dia com você. Não é bem assim, porque, em verdade, você fica três dias (antes, no dia e depois), na companhia calorosa do seu  fogão, enquanto  todos sorriem  e  discutem futebol na sala. Você  é  ainda uma "gatinha",  talvez até siliconada   e não pode  mostrar fraqueza.

               A verdade é que tudo  da  fase anterior multiplica-se por... QUARENTA!
 
CINQUENTA A SESSENTA:
 
               Pegue  tudo  dos  quarenta  e  multiplique por cin-qüenta!  Os hormônios continuam  a  nos  abandonar. É de-mais! Nada! Você é forte, é linda! 
Afinal, os SPAS, Vigilantes do Peso, Academias, Cardiolo-gistas, Esteticistas, Lancôme, Avon, Boticário, Natura, etc., estão a sua disposição.
Isso, sem falar no colesterol. Desculpem, amigas, por falar nisso. O azeite extravirgem está aí mesmo, não é? E, além disso,  as mulheres precisam  de  muita saúde  e  força para cuidar  dos netos  e  levá-los  ao  pediatra,  ao  parquinho, à escola,  à  natação,  ao balé,  ao judô, às festinhas dos colegas, etc...,  porque  seus pais estão "cansados"  e  precisam passear e viajar todos os fins de semana. “Você fica com os três pra mim, mamãe?”
 
               Você  agüenta  mais essa. Sim ... “SINGUENTA” ...CINQUENTA!!!
 
SESSENTA A  SETENTA:
 
               Pegue tudo dos cinquenta  e  multiplique por ses-senta! Uma diferença: Os hormônios já  nos  abandonaram  há muito tempo. O  mesmo  se aplica  aos maridos,  espe-cialmente  quanto  aos   cabelos.   Você  descobre  que  fez sessenta anos  quando "SE SENTA".  Ai,  que  alívio... E a  dor nas juntas? Como diz  uma  amiga,  “Junta tudo  e joga fora!”.  Mas  há  uma  grande  vantagem:   Agora,  já  pode viajar  de  graça e  pagar meia nos teatros  e  cinemas. Me-lhor, ainda, é a fila especial  nos  Bancos.  Aliás,  às vezes,  a fila comum está menor... E começamos a caminhar rumo aos fisioterapeutas, cardiologistas,  reumatologistas,  orto-pedistas e outros  "istas".  Mas você está firme,  menina,  e isso é um espetáculo, embora o espelho pareça embaçado,  quando você  vai  ver  se  o  maiô  esconde  ou  não aquela marquinha da lipo. Será catarata? Mas Deus é bom e você está chegando aos SETENTA!
 
SETENTA A OITENTA:
 
               Pegue  alguma coisa  dos sessenta  e  multiplique por setenta,  principalmente  os "istas". Você descobre  que fez  SETENTA  quando “SE SENTA”  e  “SE TENTA” le-vantar,  dói tudo... Mas,  afinal,  está  firme.  E  uma  coisa boa: Os Cruzeiros divertidos e  Os Clubes da Terceira Ida-de,  onde  você  encontra  pessoas  até  da  “Quinta Idade”! Você  descobre  que  é  mosaica. Não é o de parede nem de bandeja. É de Moisés, mesmo.  Assim, como Moisés, você  parte para os OITENTA, para recomeçar e para caminhar pelo calçadão, afinal não tão deserto assim... 
 
OITENTA A NOVENTA:
                Aí nem precisa mais multiplicar por nada porque o  número  seria  muito  alto  e  não caberia na calculadora. Além  disso,  como já disse,  não sou  boa em  matemática. Em geral,  por insistência dos filhos, surge um novo perso-nagem em sua história: A acompanhante. 
Você “SE SENTA”...Que alívio!
“SE TENTA” levantar-se, dói tudo!
“ÔI,  TENTA” ,  de novo, e,  que bom, conseguiu levantar-se. Que beleza!
E, agora, vamos para...Ih!!!  Mas vamos lá! Com coragem! Como dizia a minha mãe sobre a velhice: "Quem lá não chegar, a vida lhe vai custar!"
 
NOVENTA A CEM:
 
               “NO VEM, TÁ?”. É  demais para  o  meu talento descrever  o que acontece,  mas,  com base em alguns feli-zardos que conheço, essa turma, em geral,  passa  a  borra-cha  nas  multiplicações anteriores,  vira criança outra vez, diverte-se e,  como diz uma amiga de noventa e sete anos - muito lúcida - e não é tão raro acontecer: " Não sei porque o meu joelho dói e eu tenho dificuldade para andar!" Creio que Deus, por sua bondade, concede essa ingenuidade, pa-ra  facilitar  a  fuga  da realidade,  das rugas  e  dos cabelos brancos. Creio até, que a catarata ajuda. É brincadeirinha... Aliás,  ter bom-humor,  sorrir  e  brincar bastante é um dos segredos  para  envelhecer  com  saúde.  Em um livro ante-rior,  escrevi  que:  Pessoa idosa  é  uma jóia preciosa,  que tem  prata  no  cabelo  e  ouro  no  coração! Vou  parar  nos CEM, mas concluo que Deus nos ama, em qualquer idade, e  que uma centenária poderá chegar lá com corpinho  de... SESSENTA!  Falando  sério:  O limite  é  o  infinito,  onde Deus nos promete um corpo novo e eterno! Ele criou as mulheres com muito carinho!
 
CONCLUSÃO:
 
Isso foi só para distrair;
E não passa de brincadeira;
Mas... pensando direitinho,
Muita coisa é verdadeira!
 



Niterói, 03 de novembro de 2006.
 
               * Este texto foi escrito, e reescrito em 08 de julho de 2008,  em  homenagem  a  uma  grande  amiga,  por  ter completado,  em  2006,  sessenta  anos,  cheia de alegria  e formosura. Divirta-se com ele,  mas não o leve tão  a sério. Um abraço, menina, em qualquer idade!
 
O SORRISO DE GABRIELA
2014/05/16 21:14:42
Gabriela nasceu tão bonita, 
E foi crescendo, dengosa, 
Como um botãozinho de rosa,                 
Com cheiro de cravo e jasmim.
Seus pais, gente boa e amorosa,
A amavam, cuidavam da rosa,
Que também cheirava a alecrim.

Mas eram simples, sem grandes luzes,
E sem querer, carregavam cruzes
Que surgiram do não saber.
Afinal, na roça moravam,
E quase nunca se informavam    
Sobre como saúde ter.

Acontece que sua mãe, D. Tita,
Ainda uma mulher bonita,
Era craque nos doces caseiros.
Suas balas nas bocas rolavam, 
Pais e filha se deliciavam:
Doces balas, por dias inteiros!

O pior é que essa boa gente
Perdia, a cada ano, um dente,
Pela falta de escovação.
Mas disso eles não sabiam,
Os dentes caiam, doíam,
Mas tome açúcar no caldeirão!

Gabriela cresceu formosa -
A que tinha pele de rosa 
E cheiro bom de jasmim -
Só que o seu hálito mudou,
Em cheiro ruim se transformou: 
Adeus cravo, canela e alecrim!

Os rapazes se aproximavam;
Namorá-la desejavam;
Era a flor da família banguela!
Mas, cada um se despedia
Quando o seu hálito sentia
E via a aberta cancela!

Ela e os pais não sabiam
Porque os rapazes fugiam...
Coitadinha da Gabriela!
Tristonha, chupando bala,
Ela ficava só, na sala,
Olhando, olhando, pela janela...

Uma visita da cidade,
Esclareceu, mostrou a verdade,
E a solução, então, se avista:
"A Gabriela é um sonho dourado,
Pode esperar pelo namorado;
Precisa, primeiro, é de um DENTISTA!"  




                                           
                                         ***       
           
                * Uma homenagem alegre e carinhosa aos meus amigos dentistas.
 
OS ÓCULOS DE MARIA
2014/05/16 21:00:49

Um dia, ela se levanta 
E resolve os óculos trocar; 
Afinal, com os antigos,
Não consegue bem enxergar.
 
Vai ao médico e à ótica 
E fica pronto o novo amigo,
Mas, ao prová-lo, enxerga
Qual é o real perigo!
 
Descobre, assim, assustada, 
E fica um tanto sem graça,
Por achar, no rosto atual,
Um parentesco com a uva-passa.
 
"O que adiantaram os cremes?
Mil cuidados todo dia?”
Mas tudo encara com humor,
A nossa amiga Maria.
 
As pálpebras bem caídas,
Sobre bolsas de gordura...
E um papadinha saliente, 
A roubar-lhe a "formosura".
 
E, no restante do corpo,
Localiza as "localizadas";
Que, nos quadris e na barriga,
Criam "formas mal formadas".

Surge, então, um pensamento:
Às velhas lentes voltarei;
Com os óculos fraquinhos,
Essas "coisas" não mais verei!
 
ÀS DAMAS DA ADAMA
2014/05/16 20:52:07
Mulher, ser maravilhoso,
Criado por Deus, Senhor,                                      
Flor do jardim da criação,                             
Que Ele plantou com amor.
 
Sempre pronta a proteger,
A ajudar, a ser companheira,
Seja casada, separada,
Viúva ou mulher solteira.
 
Ativa, trabalhadora,
Às vezes, sustenta o lar...
Alimenta o seu bebê;
Missão  linda: amamentar!
 
Mama, pedaço precioso
Que há no corpo feminino
Fonte preciosa de vida
Para a menina e o menino.
 
Mas, se surge o problema 
Sério e grande a enfrentar:
O nódulo, inimigo forte, 
O peito amigo a desafiar,
 
Deus-Pai envia socorro,
Seus anjos para ajudar:
Os profissionais e a ADAMA 
Para a luta, a mulher ganhar!

Sem perder a esperança,                    
Com fé, trabalho e alegria,
Com amor próprio e pelos outros,
Ganha lutas, a cada dia.
 
Damas queridas, meus parabéns,
Pela coragem, pela vitória,
Com o Pai, ganharam a luta,
E, em paz, mudaram a história!
 
 
                                        *   *   *
 
ADAMA/Nit.
(Associação dos Amigos da Mama/Probl. Oncológicos) 
 
Uma homenagem a essa Instituição, localizada em Niterói, Rio de Janeiro.
DESESPERO!
2014/05/16 20:47:21





Assustado, ele corria pela rua  escura,
Tropeçando, ofegante, gritando, implorando...
O socorro não vinha -  ninguém na  noite dura -
E ele continuava, caindo e levantando...
 
O inimigo - o monstro  - alargando as passadas...
Enorme, assustador, perseguidor mortal,
Com garras longas, negras e afiadas;
Buscava dar-lhe o seu golpe final!
 
Sim, porque, diariamente, ele o feria!
Há meses começara  a vil perseguição
E, assim, aos poucos, ele enfraquecia
O seu corpo, sua mente  e o seu coração...
 
Enfim, o ser cruel o alcança e, rindo, o aperta!
Seu desespero aumenta. Sufoca! Perde o ar...
Então ouve uma voz e, em convulsão, desperta
E vê que está deitado em leito hospitalar.
 
Entende, então, chorando, que o grande inimigo,
Que o acorrentara em tão suja prisão,
Voltara ao ataque, pondo-o em perigo;
Tudo não passara de alucinação!
 
Fora a  droga, sim, que, uma vez mais chegara 
Para destruir, de vez, com a sua maldade,
Aquele pouco que ainda lhe restara
De amor, de paz, de fé, dignidade...

Zeita de Mattos
 
O FUMO
2014/05/16 20:42:44




O bom Deus criou uma planta bonita,
Folhas grandes, verdes, com flores rosadas, 
Para usarmos como um bom remédio,
A aplicar-se em partes inflamadas.
 
Ela foi criada para o nosso bem,
Mas o homem, com a astúcia do mal,
Transformou-a, pelo seu mau uso,
Em uma arma de efeito letal.
 
Quando misturada a produtos terríveis,
Invade e, aos poucos, destrói o pulmão
Do viciado, que, subjugado,
Vê, dificultada, sua respiração.
 
E todo o corpo, assim, se ressente... 
O inimigo nunca tem clemência;
Em silêncio, ataca e, cruel, destrói,
Minando as forças e a resistência.
 
Sejam cigarros, cachimbos, charutos;
E não importa o nome verdadeiro;
É a queima inútil, mortal e perversa
Da saúde, do orgulho, da paz, do dinheiro!

Zeita de Mattos.
 
ÁGUA DA VIDA
2014/05/16 20:40:19
Sempre, em todas as idades, 
Precisamos, água beber
Porque sem água, à vontade, 
Fica difícil viver!
 
O que mais temos no corpo
É agua: bênção divina!
Porque hidrata o organismo
E o que é ruim, elimina.
 
O ideal: dois litros por dia,
Mas deve, ao médico, perguntar.
Se você beber pouca água,
Os seus rins vão lamentar.
 
Eles sofrem como uma máquina 
Com roupa suja para lavar...
Sem ter água dentro dela,
Quebra, e nada vai limpar!
 
O que mais temos no planeta
É água, em grande medida.
Nos rios, mares e corações:
Jesus Cristo: Água da Vida!                                  
 
A.B.C. DA SAÚDE
2014/05/16 20:36:04
NÃO   DEIXE  FALTAR,  DIARIAMENTE,   EM SUA VIDA,  para manter saudáveis a  mente e  o corpo,  que  pertence  ao  Pai  e  é  o  Templo  do Espírito Santo: (I Coríntios 3:16):    
                     
                                      A
 
Amor a Deus, ao próximo e a si mesmo, adoração, alegria, amizades,  água,  ar puro,  atividade  física,  água  de coco, alimentos naturais, azeite extravirgem, abraços, animais de estimação, afeição, amabilidade...
 
                                      B      
 
Bíblia,  bondade,  boas  novas,  beijos,  brincadeiras,  belas saladas, bebidas naturais, boas risadas, bom humor,  benig- nidade, beneficência..
 
                              C
 
Cristianismo,  crença,  consagração,  carinho,  coração ale- gre, calma,  cânticos, companheirismo, conhecimento, cul-tura,   cortesia,  castanha  do  Pará,   cooperação,  civismo, consolação,    coragem,   contentamento,   conversas  boas,  compaixão, confiança, cordialidade, crescimento, corridas, caminhadas,  carne  branca,  chás,   confiança,   clemência, compreensão, caridade, certeza, conquistas...
 
     ATENÇÃO!  AMIGOS E INIMIGOS DA BOA SAÚDE FÍSICA E  ESPIRITUAL:
 
 Ao curar um paralítico, Jesus ordenou que levan- tasse e andasse,  e assim ele o fez (João 5:8).  Ao levarmos uma vida inteiramente sedentária, parecemos “paralíticos” quanto  ao  cuidado com a nossa saúde.  Até os paralíticos, de  verdade, dão  grandes  exemplos,  praticando  esportes,  trabalhando,  dançando  em suas cadeiras,  etc...  Então,  se preciso,   digamos  para  nós  mesmos:  

LEVANTA-TE   E ANDA!
     
         A  atividade  física  é  essencial  para que mante-nhamos  o  nosso corpo - templo  do  Espírito - muito mais saudável  e  resistente ao envelhecimento precoce. O cora-ção, que é um músculo,  precisa de exercícios, de trabalho, de treinamento, para que se mantenha forte e ativo.  Quan-to  à memória, conservar-se-á, se estivermos sempre escre-vendo,  lendo,  calculando,  fazendo  palavras  cruzadas   e outras atividades  em que  o  cérebro seja estimulado a tra-balhar.  Também,  ajudar  aos  outros  e  ser  alegre.   Além disso,   VACINE-SE ,  não  somente  contra  a  gripe ,  mas contra várias doenças, como hepatite, meningite,  pneumonia, etc..., que podem ser tomadas em várias faixas etárias, sob a orientação de um médico  imunologista.

                Mas,  CUIDADO!  Para ter saúde é preciso  FA-ZER  O  QUE  VIMOS  E  FUGIR  DO QUE SE SEGUE: murmurações e contendas (Filipenses, 2:14),  religiosas ou não,  ateísmo, antipatia, desconfiança, deboche, bajulação, más  companhias,   animosidade,   grosseria,   brutalidade, violência,  amargura, arrogância,  vaidade, blasfêmia, con-versas  desagradáveis,  angústia,  consumismo,  corrupção, sonegação,  ódio,  briga,  covardia,  crueldade,  contamina-ção, constrangimento, castigos, injustiça, mentira, ansieda-de,  cobiça,  contrariedade,  comentários  maldosos,  julga-mentos   precipitados,   imprudência,   cólera,   insensatez, vanglória, atitudes precipitadas, ingratidão, desunião,  pes-simismo, demandas, impaciência, discussões inúteis, resis-tência ao  perdão, inveja, preconceito, avareza, ciúme, dis-córdia, vingança, e outras atitudes negativas.          

                O corpo sofre as conseqüências do que sentimos e fazemos de errado! Em Gálatas, 5: 19 a 23, encontramos  uma lista excelente sobre as OBRAS DA CARNE E FRU-TO DO ESPÍRITO,  bem como em outros  textos bíblicos. Não é fácil, mas, com oração e a direção de Deus, teremos vitória sobre  essas “doenças”,  que,  muitas vezes, causam as doenças do corpo!  E,  ainda, devemos fugir de bebedei-ras, gula, açúcar  e  gordura animal em excesso,  alimentos industrializados e  anti-inflamatórios, analgésicos, tranquilizantes e antibióticos, etc., sem prescrição médica. 

     Sejamos felizes e saudáveis, de corpo e alma!                                                              Amém.  


Querido(a) leitor(a):
               

Complete a lista do A.B.C.,  -  ou  talvez  todo  o alfabeto  - com  suas  próprias  experiências  e  seja  muito feliz, com as bênçãos de Deus, que inspirou-me este texto, principalmente consultando a sua Palavra.

 
NOSSO SONHO, PARA O BRASIL E PARA O MUNDO!
2014/05/16 20:21:33

Nosso sonho,  para  o Brasil  e para  o mundo, está transcrito,  na Bíblia Sagrada,  e só acrescentare-mos o "Amém!" :

“Escutarei o que Deus,  o Senhor, disser, pois falará de paz ao  seu  povo  e aos  seus santos,  e  que jamais  caiam  em insensatez.

Próxima está  a sua salvação dos que o temem, para que a glória assista em nossa terra.  Encontraram-se a graça  e  a  verdade,  a justiça e a paz se beijaram. Da terra brota a verdade, dos céus a justiça baixa o seu olhar. Tam-bém o  Senhor dará o que é bom,  e a nossa terra produzirá o  seu fruto.  A justiça irá  adiante dele,  cujas  pegadas ele transforma em caminhos.”

 

                                                                          Amém!

 

                                    (LIVRO DE SALMOS : 85: 8 A 13)

 

ESTADO DO RIO DE JANEIRO
2014/05/16 20:17:55
Todos cantam sua terra",disse o poeta, um dia,  
Cantar-te, Estado do Rio, é dever e, também, alegria.                                                                                                            
Não dá pra falar de tudo, nestes versos limitados;
Só pedacinhos de ti, meu Estado,  serão lembrados.
 
Tens ambientes pra todos: pra quem ama  calor  ou  frio;
Nas praias ou nas montanhas, não tens rival, Estado do Rio.
Tuas praias, que sonho lindo! Cabo Frio, Arraial do Cabo,
De Angra dos Reis, de Araruama... lembranças delas eu trago.
            
E como esquecer Ipanema, Copacabana, Icaraí?
Não sei como alguém consegue viver distante daqui!
Camafeu, linda Guanabara, preso à Ponte, cordão de ouro,
Que une Niterói ao Rio, duas jóias, um tesouro !
            
E as montanhas? Que ar tão puro, que banho de Natureza!
Petrópolis, Nova  Friburgo e a cidade de Thereza.
E os teus ricos canaviais, de ondas verdes e ondulantes?
E o arroz, a laranja, a pesca e as fábricas  importantes?
 
Brilhas na siderurgia, e Volta Redonda nos prova
Que não paras teu progresso, que é constante e se renova.
E, como esquecer,  nestes versos, a querida São Gonçalo:
A "Manchester Fluminense"? Com  alegria dela eu falo.

Em Campos, brilha o petróleo,  ouro negro que sai do mar;
Que movimenta o país, que cresce e não pode parar.
No interior ou nas cidades tens riquezas incomparáveis;
Tens de tudo um pouquinho, em doses admiráveis .
 
Dos teus filhos, muitos doaram seu valor ao nosso país:
Euclides e Casemiro, Varela, Washington Luís.
João Caetano, Nilo Peçanha, Joaquim Manoel de Macedo, 
Pereira Passos e Sérgio Mendes, Mané Garrincha, “Mané-sem-Medo”
 
No mapa deste Brasil ,  ocupas  pequeno espaço,
Mas é tão grande o teu valor, não cabe nos versos que faço.
Quando Deus te fez, meu Estado, não economizou beleza;
Que Ele guarde, em paz, o teu povo e a tua Natureza! 
Eu te Amo, Icaraí !
2014/05/16 20:14:47
Pedacinho de Brasil,
Luz que brilha em Niterói,
Meu coração até dói, 
Quando falo assim de ti;
É um amor gostoso e amigo, 
Que eu guardo sempre comigo,
Meu querido Icaraí !
 
Viver aqui é tão bom;
Há tantos anos me abrigas;
Ganhei amigos e amigas,
Vivendo nos teus espaços;
A brisa, beijando o rosto,
Afasta qualquer desgosto
No envolver dos teus abraços.
 
A tua praia é famosa;
O calçadão  animado 
É a saia de babado 
Dessa moça tão faceira;
A areia é blusa rendada;
A água, a dançar ritmada,
É a ondulada cabeleira.
 
Tuas ruas tradicionais
Guardam gratas memórias:
Romances, lindas histórias 
De tempos já bem distantes.
Contraste: casas antigas 
E velhas árvores amigas 
Ou prédios altos, brilhantes.

Tens lojas super modernas -
Como o Rio de Janeiro -
Mas, também, tens verdureiro,
Que se encontra em cada canto.
És assim, Icaraí,
O antigo e o novo  aqui:
Teu particular encanto!
 
Tua gente caminha ou pára,
Nas esquinas, pra conversar;
Uma aguinha de coco tomar...
Tudo é vida... É sentimento...     
Outros curtem a beleza -
O esplendor da natureza -
Que há no Campo de São Bento.
 
Aqui, o sol surpreende,
Ao  nascer e se por, à tarde,
Quando, dos pardais, o alarde 
Faz estrelas acordar...
Cada dia varia de cor,
Ao nascer e ao sol se por, 
Tudo faz pra nos encantar!
 
Icaraí, meu bairro amigo,
Quem te vê sob o luar, 
Pode bem imaginar
Porque és tão bem-amado;
Tuas belezas naturais,
Com cores especiais,
É um  quadro, por Deus, pintado!
 
 

 
 
Ilha de Paquetá
2014/05/16 20:11:07
Paquetá, minha Ilha querida, 
Que eu gosto tanto de visitar
E, por tuas ruas tranquilas, 
Calmamente caminhar.
 
Tu tens forma de borboleta,
Bem pousada sobre o mar,
E tuas árvores seculares,
Ninguém se atreve a cortar.
 
Ouvimos contar histórias 
De Bonifácio e de D. João,
Enquanto as velhas charretes 
Rodam pelos caminhos de chão.
 
Não tens quem peça esmolas,
Nem crianças abandonadas;
Teus veículos não poluem;
Pessoas não são assaltadas!
 
"A Moreninha", história de amor,
Flamboyants, praias serenas,
Casas antigas, mil bicicletas,
Pedalinhos e tardes amenas.
 
És a Ilha dos Namorados,
De muito antigas  tradições;
Tua beleza inspirou poetas
A comporem lindas canções.

Agradeço ao Deus, Criador,
Por toda a tua beleza,
És  meu cantinho especial
De encontro com a Natureza!
 
Quando a antiga barca sai,
"Adeus", eu nunca te digo,
Pois, por certo, voltarei
Para passar um dia contigo!
 
 

CLIQUE ABAIXO E VEJA O VÍDEO:

  
http://www.youtube.com/watch?v=byM1VAiHhb0
35 Total de ítens


NATUREZA, CRIAÇÃO E ETC.bottom menuSOBRE MIMbottom menuFOTOSbottom menuVÍDEOSbottom menuLINKS RECOMENDADOSbottom menuFALE COMIGObottom menuRÁDIO CBNbottom menuBLOG