NATUREZA, CRIAÇÃO E ETC.topmenuSOBRE MIMtopmenuFOTOStopmenuVÍDEOStopmenuLINKS RECOMENDADOStopmenuFALE COMIGOtopmenuRÁDIO CBNtopmenuBLOG
HUMOR
RSS
Formatura de um "Divogado": Ninguém merece...
2016/11/22 17:36:25

Formatura de um "Divogado": Ninguém merece... 




CLIQUE NA IMAGEM ACIMA, PARA ASSISTIR ESTA CHARGE. 

 
BICHOS COMÉDIA E AMIZADES SURPREENDENTES.
2015/05/14 19:26:15


CLIQUE NA IMAGEM ACIMA PARA RIR COM OS BICHANOS.

* AMIZADES SURPREENDENTES:


http://veja.abril.com.br/blog/ricardo-setti/tema-livre/video-o-cachorro-pega-o-gato-que-pega-o-rato-certo-nao-errado-confiram/

PÉROLAS DO ENEM!
2015/01/27 19:16:03


PARA DIVERTIR-SE COM AS PÉROLAS, CLIQUE NOS LINKS ABAIXO:

http://www.perolasdoenem.com.br/

http://2015online.net/perolas-do-enem-2015

http://blogdoenem.com.br/category/perolas/



"RISOTERAPIA" III: CASAMENTOS DIVERTIDOS.
2014/10/16 20:43:28


VOCÊ NÃO ACREDITA NO QUE PODE ACONTECER EM UM CASAMENTO...

















"RISOTERAPIA" II: BEBÊS SORRIDENTES.
2014/10/16 20:07:37















https://www.youtube.com/watch?v=9b5iMPB2XWI




https://www.youtube.com/watch?v=CbaUtx9TD4I




https://www.youtube.com/watch?v=oTDxBbbMKes






https://www.youtube.com/watch?v=S3v-c_qOnFU





"RISOTERAPIA": PESCANDO COM GRANADA...
2014/10/16 19:29:30






CASTIGO PARA OS "PREDADORES INTELIGENTES"...


https://www.youtube.com/watch?v=zImMkaOKyhc



“BURROCRACIA”
2014/05/29 19:54:24

 

 




ESSA PALAVRA NÃO EXISTE,

MAS, DEPENDENDO DA OCASIÃO,

ELA SE ENCAIXA, PERFEITAMENTE,

NESTA CONSIDERAÇÃO.

 

NOSSO PAÍS JÁ EVOLUIU

E TEMOS TANTOS COMPUTADORES...

MAS, A TERRÍVEL  PAPELADA

AINDA NOS CAUSA DISSABORES.

 

SÃO “DORES” EMOCIONAIS:

PERDER TEMPO TRAZ SOFRIMENTO;

TAMBÉM, DORES NA COLUNA:

FICAR NA FILA É UM TORMENTO!

 

PEDEM TANTOS COMPROVANTES:

XEROCÓPIAS E ORIGINAIS;

QUE OS DONOS DAS COPIADORAS

ENRIQUECEM CADA VEZ MAIS.

 

PARA OS VISTOS E PASSAPORTES

A COISA É MAIS COMPLICADA!

EM BUSCA DE SEGURANÇA.

MUITOS GASTOS E PAPELADA!

 

BEM PRÓXIMAS DA VERDADE,

HUMORISTAS CRIAM CENAS:

FOTOS, CARIMBOS,  CRACHÁS ,

PRA RESOLVER COISAS PEQUENAS!

 

QUALQUER  DIA, PERGUNTARÃO

O NOME DO AVÔ DO VIZINHO

E, SE JUNTAMOS AOS COMPROVANTES,

A VACINA DO CACHORRINHO!

 

FALA-SE TANTO EM DIGITAIS,

IRIS DO OLHOS, TESTES DE FALA,

MAS NA HORA DE COMPROVAR:

PAPÉIS ENCHENDO UMA MALA.

 

MEDO DE DESCARTAR PAPÉIS:

OS TERRÍVEIS COMPROVANTES!

CONTINUAM  ENTULHANDO  GAVETAS

COMO SE FAZIA ANTES!

 

É CERTO TER SEGURANÇA,

MAS O EXAGERO, A CADA DIA,

DEPÕE CONTRA A INTELIGÊNCIA,

É MESMO  “BURROCRACIA”!

 








VIVA A BANANA!
2014/05/29 19:41:15

                




 


QUANDO DEUS CRIOU O MUNDO,

FEZ AS COISAS COM AMOR

E AS FRUTAS SÃO UM EXEMPLO:

BELEZA, PERFUME E SABOR.

 

MAS QUERO EXALTAR A BANANA.

COM SUA GRANDE VARIEDADE,

POIS, DEPOIS DE TANTO TEMPO,

ELA VIROU NOVIDADE!

 

A USARAM PARA OFENSA,

GROSSERIAS, PRECONCEITOS,

PORQUE NÃO SABEM RECONHECER

QUE SÃO IGUAIS NOSSOS DIREITOS.

 

FORAM CULTIVADAS NA ÁSIA

E PORTUGAL AS ESPALHOU

PELA ÁFRICA E O BRASIL

E POR AQUI, MUITO BEM FICOU.

 

JÁ DIZIA A CANÇÃO ANTIGA

QUE ELA É BOA PRA VALER,

EXPLICANDO: “TEM VITAMINA...”

“BANANA ENGORDA E FAZ CRESCER.”

 

É UM ALIMENTO COMPLETO,

UM EXEMPLO DE FARTURA;

MULTIPLICADA, NOS CACHOS,

VEM “EMBALADA”, CHEIROSA E PURA.

 

SEJA D´ÁGUA, NANICA, DA TERRA,

FIGO, PRATA, MAÇÃ OU OURO.

TODAS BOAS, BARATAS, GOSTOSAS;

VIVA A BANANA! ELA É UM TESOURO!

P.S: ESTE TEXTO FOI INSPIRADO PELO QUE ACONTECEU COM O JOGADOR DE FUTEBOL DANIEL ALVES E OUTROS ESPORTISTAS QUE SOFRERAM PRECONCEITO.

 









MULHER, DO ZERO AO INFINITO...
2014/05/16 21:25:39
Afinal, pelo título... quero falar de Matemática?
Não, por favor,  sou péssima nessa ciência admirável.
Prefiro falar de vida, de gente... 
Ora, a Matemática me persegue porque...
Vou falar de contagem de tempo... Para as mulheres!
Como o assunto é muito assustador, iremos devagar.
Que tal, de 10 em 10? Vamos voltar no tempo... 
Afinal, somos modernos!
 
MARCO ZERO!
 
Chegamos ao dia do nascimento.
Mas não seria de 10 em 10?
Então, me  ajudem: no estilo NASA!
Contagem regressiva: Todos juntos: 
10 - 9 - 8 - 7 - 6 - 5 - 4 - 3 - 2 - 1 - zero!
Então,  diretamente da base  cor-de-rosa do útero  materno, 
parte  o  foguetinho chorão, com aquela carinha tradicional de joelho , que  todo bebê tem, quando nasce, e que os pais e avós acham linda, e que até fica mesmo linda alguns dias depois.
 
        Nasceu mais uma mulher!  Aumentou a concorrência!  Até  aqui  a  história  é  parecida  para  todas  e,  daqui  por  diante,  você  se  encaixa  onde  achar  melhor,  ok?  E, não esqueça, gente  sempre tem semelhanças; Só muda a idade, o endereço, o número do CPF e algumas coisitas mais: caráter,  educação...Ih!!!   Não  quero  falar  dessas   coisas freudianas  e  complicadas.  É  muito  papo-cabeça.  Quem quiser,   que  se  identifique  ou  "abafe",  principalmente  a idade, menina.
        Vamos lá, de zero a 10, de 10 em 10.

ZERO A DEZ!
 
               Xixi, buá-buá, gracinhas, pirracinhas, chantagens, band-aids,  escolinha. Enfim: confirmação da melhor  defi- definição de criança: “chocolate com pimenta”!  Mas,  elas são uns amores!
 
DEZ A VINTE!
 
               Colégio, vídeo-game, brincadeira, bicicleta, com- putador, amizades que se firmam, baladas, roupas da moda jeans, fica ou não fica; fuma ou não fuma; chocolate ou al- face; espinhas; come ou não come; modelo, atriz ou mane-quim;  namoros  e,  de repente:  até  casamento precoce. E,
além das crises da "aborrescência", em que qualquer coisi-nha  parece o fim-do-mundo; conflitos com os pais;  ciúme dos  irmãos:  preferências  musicais discutíveis  e...  a festa dos quinze anos,  que deixa a família endividada. Vai cres-
cendo... Talvez até já  trabalhe ... Busca da profissão, vesti-bular  (me  perdoem  a  má  lembrança).  Título de eleitor e escolha de candidatos  (me perdoem a pior lembrança  ain-   da...) Ah, eu quase esqueci dos aparelhos dentários e do si- licone... Mas é uma fase linda!  Você agora, é  uma mulher. Que beleza!
 
VINTE A TRINTA:
 
               É  a  chamada "flor da idade",  passando do botão de rosa para o lírio. Adoçante, barrinhas, diet, light, acade-mia, depilação, escova  progressiva. Casa ou não casa?  As tias cobram. Será que já resolveu sobre a profissão?  Medi-cina,  Direito,  Engenharia,  Economia, Esporte,  Arte,  etc. Talvez  o sonho  de ser cantora ou  modelo ainda não tenha morrido. Estuda,  trabalha,  namora,  chora,  tem  crises  de ciúme, pinta, borda, dança, casa e balança a criança. 

TRINTA A QUARENTA:
Engordou! 
Que  tragédia!  Enche a geladeira de rúcula e alface. Outra tragédia se avizinha:  O primeiro fio de cabelo branco!  Os anos se passam e a barriguinha começa a querer aparecer...
E não é gravidez. O auto-terrorismo recomeça: celulite, va- rizes, primeira  ruga, lipo? silicone?  É preciso fazer ginás-tica, a dieta da moda, caminhada, pilates, esteira,  bicicleta, alongamento... 
E, se não der certo, que horror: comprar roupas com núme-ros  maiores.  Isso sem  falar nas crianças,  na escola deles,  no  maridão.  Situações  mais definidas.  Escolhas  bem ou mal  feitas... Talvez  uma "separaçãosinha" ... Tomara  que não aconteça! 
Filhos mais crescidos.  Aí você  vai ver como  deu trabalho aos seus pais...
Aquela história da barriguinha,  dos números  maiores, dos exercícios, dietas, etc., fica mais séria.
E chega a fase em  que se volta a brincar de esconder, prin- cipalmente  os  primeiros  fios de  cabelos brancos.  Afinal, os "TONS" resolvem:  MAX, WELLA ou  KOLESTON. E ainda  é  preciso  aturar  as mudanças do marido, que deixa tudo fora do lugar e já não é tão romântico... Você tem que segurar  esse  mesmo,  embora,  às  vezes,  ele  se preocupe mais  com o  futebol do que  com você.  Ele diz que está se protegendo das crises de TPM da mulher. Será?
Cuida dos filhos,  da casa,  do cachorro, do marido, batalha com  a  secretária do lar,  faz cursos de  mestrado,  pós gra-duação e até de culinária.
E ainda  tem que estar  sempre magra,  cheirosa,  penteada, arrumada, etc., porque senão fica para trás,  a concorrência é grande e o mercado  masculino anda um pouco fraco.
Ah,que calor! Ainda não é a menopausa. É que o ar engui-çou  duas vezes  na  mesma  semana  e  ela  ainda  tem que chamar  o  técnico  de  novo, sem  falar  nos  problemas da geladeira, da TV e do vazamento do banheiro...
Pelo menos, ainda não chegou aos quarenta. Que bom, tem valido à pena e tem acontecido muita coisa boa nesses qua-se quarenta anos.

Ainda sou gatinha, espelho meu!
 
 QUARENTA A CINQUENTA:

               Chegou! Finalmente, é bom assumir... Nasceu  de novo! Dizem que a vida começa aos quarenta...

Quem foi o mentiroso que inventou isso, hem? Deixa pra lá!

Algumas têm até  a bravura de promover um  jan-tar  comemorativo.   Outras  preferem  esconder  ou  rasgar todos os calendários da casa. E ainda existem os almoços e jantares dos Dias das Mães, dos Pais, Aniversários e Natal, em  que  todos,  elogiando  a  sua  comida, vão passar o dia com você. Não é bem assim, porque, em verdade, você fica três dias (antes, no dia e depois), na companhia calorosa do seu  fogão, enquanto  todos sorriem  e  discutem futebol na sala. Você  é  ainda uma "gatinha",  talvez até siliconada   e não pode  mostrar fraqueza.

               A verdade é que tudo  da  fase anterior multiplica-se por... QUARENTA!
 
CINQUENTA A SESSENTA:
 
               Pegue  tudo  dos  quarenta  e  multiplique por cin-qüenta!  Os hormônios continuam  a  nos  abandonar. É de-mais! Nada! Você é forte, é linda! 
Afinal, os SPAS, Vigilantes do Peso, Academias, Cardiolo-gistas, Esteticistas, Lancôme, Avon, Boticário, Natura, etc., estão a sua disposição.
Isso, sem falar no colesterol. Desculpem, amigas, por falar nisso. O azeite extravirgem está aí mesmo, não é? E, além disso,  as mulheres precisam  de  muita saúde  e  força para cuidar  dos netos  e  levá-los  ao  pediatra,  ao  parquinho, à escola,  à  natação,  ao balé,  ao judô, às festinhas dos colegas, etc...,  porque  seus pais estão "cansados"  e  precisam passear e viajar todos os fins de semana. “Você fica com os três pra mim, mamãe?”
 
               Você  agüenta  mais essa. Sim ... “SINGUENTA” ...CINQUENTA!!!
 
SESSENTA A  SETENTA:
 
               Pegue tudo dos cinquenta  e  multiplique por ses-senta! Uma diferença: Os hormônios já  nos  abandonaram  há muito tempo. O  mesmo  se aplica  aos maridos,  espe-cialmente  quanto  aos   cabelos.   Você  descobre  que  fez sessenta anos  quando "SE SENTA".  Ai,  que  alívio... E a  dor nas juntas? Como diz  uma  amiga,  “Junta tudo  e joga fora!”.  Mas  há  uma  grande  vantagem:   Agora,  já  pode viajar  de  graça e  pagar meia nos teatros  e  cinemas. Me-lhor, ainda, é a fila especial  nos  Bancos.  Aliás,  às vezes,  a fila comum está menor... E começamos a caminhar rumo aos fisioterapeutas, cardiologistas,  reumatologistas,  orto-pedistas e outros  "istas".  Mas você está firme,  menina,  e isso é um espetáculo, embora o espelho pareça embaçado,  quando você  vai  ver  se  o  maiô  esconde  ou  não aquela marquinha da lipo. Será catarata? Mas Deus é bom e você está chegando aos SETENTA!
 
SETENTA A OITENTA:
 
               Pegue  alguma coisa  dos sessenta  e  multiplique por setenta,  principalmente  os "istas". Você descobre  que fez  SETENTA  quando “SE SENTA”  e  “SE TENTA” le-vantar,  dói tudo... Mas,  afinal,  está  firme.  E  uma  coisa boa: Os Cruzeiros divertidos e  Os Clubes da Terceira Ida-de,  onde  você  encontra  pessoas  até  da  “Quinta Idade”! Você  descobre  que  é  mosaica. Não é o de parede nem de bandeja. É de Moisés, mesmo.  Assim, como Moisés, você  parte para os OITENTA, para recomeçar e para caminhar pelo calçadão, afinal não tão deserto assim... 
 
OITENTA A NOVENTA:
                Aí nem precisa mais multiplicar por nada porque o  número  seria  muito  alto  e  não caberia na calculadora. Além  disso,  como já disse,  não sou  boa em  matemática. Em geral,  por insistência dos filhos, surge um novo perso-nagem em sua história: A acompanhante. 
Você “SE SENTA”...Que alívio!
“SE TENTA” levantar-se, dói tudo!
“ÔI,  TENTA” ,  de novo, e,  que bom, conseguiu levantar-se. Que beleza!
E, agora, vamos para...Ih!!!  Mas vamos lá! Com coragem! Como dizia a minha mãe sobre a velhice: "Quem lá não chegar, a vida lhe vai custar!"
 
NOVENTA A CEM:
 
               “NO VEM, TÁ?”. É  demais para  o  meu talento descrever  o que acontece,  mas,  com base em alguns feli-zardos que conheço, essa turma, em geral,  passa  a  borra-cha  nas  multiplicações anteriores,  vira criança outra vez, diverte-se e,  como diz uma amiga de noventa e sete anos - muito lúcida - e não é tão raro acontecer: " Não sei porque o meu joelho dói e eu tenho dificuldade para andar!" Creio que Deus, por sua bondade, concede essa ingenuidade, pa-ra  facilitar  a  fuga  da realidade,  das rugas  e  dos cabelos brancos. Creio até, que a catarata ajuda. É brincadeirinha... Aliás,  ter bom-humor,  sorrir  e  brincar bastante é um dos segredos  para  envelhecer  com  saúde.  Em um livro ante-rior,  escrevi  que:  Pessoa idosa  é  uma jóia preciosa,  que tem  prata  no  cabelo  e  ouro  no  coração! Vou  parar  nos CEM, mas concluo que Deus nos ama, em qualquer idade, e  que uma centenária poderá chegar lá com corpinho  de... SESSENTA!  Falando  sério:  O limite  é  o  infinito,  onde Deus nos promete um corpo novo e eterno! Ele criou as mulheres com muito carinho!
 
CONCLUSÃO:
 
Isso foi só para distrair;
E não passa de brincadeira;
Mas... pensando direitinho,
Muita coisa é verdadeira!
 



Niterói, 03 de novembro de 2006.
 
               * Este texto foi escrito, e reescrito em 08 de julho de 2008,  em  homenagem  a  uma  grande  amiga,  por  ter completado,  em  2006,  sessenta  anos,  cheia de alegria  e formosura. Divirta-se com ele,  mas não o leve tão  a sério. Um abraço, menina, em qualquer idade!
 
O SORRISO DE GABRIELA
2014/05/16 21:14:42
Gabriela nasceu tão bonita, 
E foi crescendo, dengosa, 
Como um botãozinho de rosa,                 
Com cheiro de cravo e jasmim.
Seus pais, gente boa e amorosa,
A amavam, cuidavam da rosa,
Que também cheirava a alecrim.

Mas eram simples, sem grandes luzes,
E sem querer, carregavam cruzes
Que surgiram do não saber.
Afinal, na roça moravam,
E quase nunca se informavam    
Sobre como saúde ter.

Acontece que sua mãe, D. Tita,
Ainda uma mulher bonita,
Era craque nos doces caseiros.
Suas balas nas bocas rolavam, 
Pais e filha se deliciavam:
Doces balas, por dias inteiros!

O pior é que essa boa gente
Perdia, a cada ano, um dente,
Pela falta de escovação.
Mas disso eles não sabiam,
Os dentes caiam, doíam,
Mas tome açúcar no caldeirão!

Gabriela cresceu formosa -
A que tinha pele de rosa 
E cheiro bom de jasmim -
Só que o seu hálito mudou,
Em cheiro ruim se transformou: 
Adeus cravo, canela e alecrim!

Os rapazes se aproximavam;
Namorá-la desejavam;
Era a flor da família banguela!
Mas, cada um se despedia
Quando o seu hálito sentia
E via a aberta cancela!

Ela e os pais não sabiam
Porque os rapazes fugiam...
Coitadinha da Gabriela!
Tristonha, chupando bala,
Ela ficava só, na sala,
Olhando, olhando, pela janela...

Uma visita da cidade,
Esclareceu, mostrou a verdade,
E a solução, então, se avista:
"A Gabriela é um sonho dourado,
Pode esperar pelo namorado;
Precisa, primeiro, é de um DENTISTA!"  




                                           
                                         ***       
           
                * Uma homenagem alegre e carinhosa aos meus amigos dentistas.
 
OS ÓCULOS DE MARIA
2014/05/16 21:00:49

Um dia, ela se levanta 
E resolve os óculos trocar; 
Afinal, com os antigos,
Não consegue bem enxergar.
 
Vai ao médico e à ótica 
E fica pronto o novo amigo,
Mas, ao prová-lo, enxerga
Qual é o real perigo!
 
Descobre, assim, assustada, 
E fica um tanto sem graça,
Por achar, no rosto atual,
Um parentesco com a uva-passa.
 
"O que adiantaram os cremes?
Mil cuidados todo dia?”
Mas tudo encara com humor,
A nossa amiga Maria.
 
As pálpebras bem caídas,
Sobre bolsas de gordura...
E um papadinha saliente, 
A roubar-lhe a "formosura".
 
E, no restante do corpo,
Localiza as "localizadas";
Que, nos quadris e na barriga,
Criam "formas mal formadas".

Surge, então, um pensamento:
Às velhas lentes voltarei;
Com os óculos fraquinhos,
Essas "coisas" não mais verei!
 
11 Total de ítens

<< [[Components/Common_:_backToHome]]


NATUREZA, CRIAÇÃO E ETC.bottom menuSOBRE MIMbottom menuFOTOSbottom menuVÍDEOSbottom menuLINKS RECOMENDADOSbottom menuFALE COMIGObottom menuRÁDIO CBNbottom menuBLOG